Descrição de chapéu Coronavírus trânsito

Primeiro mês da fase de transição é marcado por estabilidade nos indicadores da Covid-19 em SP

Etapa atual de restrições vai até o próximo domingo (23)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O primeiro mês após o início da fase de transição no estado de São Paulo foi marcado por estabilidade nos indicadores da Covid-19, como a taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e o índice de isolamento social, segundo dados do governo paulista.

Nesta terça-feira (18), o estado tem 78,5% dos leitos ocupados, enquanto na terça passada (11) eram 78,4% e na anterior (4) 78,3%. As três semanas de estabilidade vêm depois de quase dois meses de queda no indicador. Em 20 de abril, primeira terça-feira da fase de transição, a lotação era de 83%.

A região metropolitana da capital segue a mesma tendência. Tem ocupação de 76,8% nesta terça. Na semana passada, o índice era de 76,5% e na retrasada, de 76,4%.

A média de isolamento foi de 40% nesta segunda-feira (17), mesmo valor registrado na segunda passada (10) e na anterior (3). Em 19 de abril, primeira segunda-feira da fase de transição, o nível foi de 41%.

A fase emergencial começou no dia 18 de abril, com a abertura gradual do comércio na primeira semana e do setor de serviços na segunda semana. Era previsto que acabasse em 30 de abril, mas foi prorrogada em duas ocasiões. Na primeira vez, deveria expirar no dia 9 de maio, mas foi estendida até o próximo domingo (23).

Neste momento, os estabelecimentos podem abrir das 6h até às 21h e funcionar com 30% da sua capacidade. A única exceção é para parques municipais e estaduais, que fecham às 18h. As celebrações religiosas também estão autorizadas.

O trânsito na capital também não teve mudanças significativas. Houve aumento, porém, no número de passageiros nos ônibus na cidade.

Nesta segunda-feira, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) registrou 55 quilômetros de congestionamento, enquanto na segunda passada foram 56 quilômetros e na anterior, 69 quilômetros de lentidão. Quando começou esta etapa (19), o trânsito foi de 56 quilômetros.

Nos ônibus, havia 1,83 milhão de pessoas ontem, contra 1,87 milhão na semana passada. Duas semanas atrás o número era de 1,82 milhão. Na primeira segunda-feira da fase de transição, porém, estava em aproximadamente 1,65 milhão —cerca de 180 mil passageiros a menos do que o registrado nesta segunda.

O número de carros circulando nas ruas da cidade foi de 6,2 milhões nesta semana e na passada e de 6,3 milhões na semana retrasada. Durante todo o mês, a média ficou entre 6,1 e 6,3 milhões.

O estado de São Paulo bateu 100 mil mortos por Covid-19 neste período, alcançando 105.105 mil óbitos pela doença. Até agora, são mais de 3,1 milhões de casos confirmados, com a taxa de letalidade em 3,4%

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.