Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/04/2011 - 13h09

Pesquisa aponta 2,6 milhões de natimortos por ano no mundo

Publicidade

JULIANA VINES
DE SÃO PAULO

Há mais de 2,6 milhões de natimortos por ano no mundo e pelo menos metade dessas mortes poderia ser evitada, de acordo com pesquisa publicada hoje no "Lancet".

O levantamento traz números de 193 países em 2009 e 1995. Foram considerados natimortos fetos com mais de 28 semanas ou mais de 1kg.

Editoria de Arte/Folhapress

O Brasil ficou em 79º lugar, com dez natimortos por mil nascimentos ""queda de 27% em relação a 1995.

A principal causa de mortes nos países pobres está relacionada a falta de atendimento de emergência, complicações no parto e infecções maternas.

O trabalho foi financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates e pela Organização Mundial da Saúde.

Para a epidemiologista Marcia Furquim de Almeida, da USP, a pesquisa mostra que, apesar de a taxa de mortalidade ter caído no Brasil, ainda está longe do ideal. Nos EUA, o índice de natimortos é de três em mil nascimentos.

"A queda se deve ao aumento dos exames pré-natais. Isso ainda pode melhorar."

+ Livraria

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página