Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 

Jogos PanAmericanos 2011

História

Winnipeg - 1999

Evandro Teixeira/ COB

Shelda e Adriana Behar vencem a final do vôlei praia e conquistam o ouro no Pan-Americano de Winnipeg.
Shelda e Adriana Behar vencem a final do vôlei praia e conquistam o ouro no Pan-Americano de Winnipeg.
Medalhas
       
Estados UnidosEstados Unidos 106 110 80
CubaCuba 69 39 47
CanadáCanadá 64 52 80
BrasilBrasil 25 32 44
BrasilArgentina 25 19 28

Cuba perde força e é ameaçada pelo Canadá

Os problemas econômicos enfrentados por Cuba após a dissolução da União Soviética começaram a ser sentidos no esporte. Após se consolidar como indiscutível segunda força esportiva das Américas, os caribenhos viram o seu posto ameaçado nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg. O país de Fidel Castro teve 155 medalhas (69 de ouro), contra 196 pódios (com 64 títulos) do Canadá, que soube se aproveitar do fator casa para ameaçar os rivais.


Pôster dos Jogos Panamericanos de Winnipeg - 1999

Brasil


Pela primeira vez em sua história, os brasileiros superaram a marca de 100 medalhas nos Jogos Pan-Americanos. Em Winnipeg, no Canadá, o país subiu 101 vezes ao pódio (25 de ouro, 32 de prata e 44 de bronze), melhorando duas posições em relação à edição anterior dos Jogos. A equipe nacional terminou na quarta colocação, novamente à frente da Argentina.

Curiosidades

Os brasileiros subiram, no total, 101 vezes ao pódio de Winnipeg, superando as 82 vezes (recorde anterior) que fizeram na edição passada, em Mar del Plata-95, na Argentina.

A delegação brasileira, a maior da história (436 atletas), foi premiada em 25 modalidades diferentes --também um recorde histórico nessa competição. O país recebeu 0,234 medalha por atleta, a maior produtividade da história.

Foram 25 ouros conquistados (que garantiram ao Brasil o quarto lugar no quadro de medalhas), quatro a mais do que o recorde anterior --21 nos Jogos de Havana-1991, em Cuba.

A seleção feminina de vôlei, com uma equipe renovada e destaque para Elisângela e Érika, quebrou a hegemonia das cubanas, que não perdiam o Pan desde 71.

O Brasil melhorou duas posições no quadro geral de medalhas --passou da sexta colocação nos Jogos de Mar del Plata, há quatro anos, para o quarto em Winnipeg-99.

O time masculino de basquete conquistou o lugar mais alto do pódio, pela terceira vez nas 13 edições dos Jogos, batendo na final uma equipe sem nenhuma estrela dos EUA por 95 a 78.

O nadador Gustavo Borges atingiu em Winnipeg a marca de 15 medalhas em Jogos Pan-Americanos --superou o mesa-tenista Cláudio Kano, morto em acidente automobilístico em 96, que soma 12.

O nadador catarinense Fernando Scherer também fez história ao conquistar quatro ouros (50 m, 100 m e 4 x 100 m livres e 4 x 100 m medley) --recorde de um atleta brasileiro em um só Pan.

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página