Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/07/2012 - 11h15

Piloto de testes, María de Villota está consciente após acidente

Publicidade

DA EFE

A espanhola María de Villota, 32, piloto de testes da Marussia, está consciente e passa por exames, segundo informação da equipe de F-1. Ela foi internada na última terça-feira após sofrer um acidente durante treinamento em Duxford, na Inglaterra.

Javier Soriano - 9.mar.12/France Presse
A piloto de testes da Marussia, María De Villota
A piloto de testes da Marussia, María De Villota

A piloto foi encaminhada para o centro de trauma de Addenbrooke, em Cambridge. Em comunicado, a Marussia diz que aguarda o resultado dos novos exames para dar mais informações sobre seu estado de saúde de María.

"A prioridade da escuderia é María e sua família", diz trecho da nota da Marussia.

María bateu contra um caminhão de apoio da escuderia no final de sua primeira volta durante uma sessão de testes. Ela foi internada com ferimentos graves segundo um porta-voz da polícia de Cambridgeshire.

A piloto foi a primeira mulher inscrita para uma temporada da F-1 desde 1992, quando a italiana Giovanna Amati tentou, sem sucesso, se classificar para as três primeiras provas.

A Marussia entrou na F-1 com o nome de Virgin, em 2010, com apoio do empresário britânico Richard Branson. No final do ano passado, a montadora Marussia passou a dar nome ao time, depois de assumir o controle acionário da equipe.

Os dois pilotos titulares da escuderia são o francês Charles Pic e o alemão Timo Glock. Nenhum marcou ponto nesta temporada da F-1.

Arte/Folhapress

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página