Conmebol condena Flamengo a dois jogos sem torcida na Libertadores

Márcio Alves - 13.dez.2017/Agência O Globo
ESP - Rio, 13/12/2017, Final da Copa Sul-Americana/ Flamengo x Independiente - Jogo entre Flamengo e Independiente realizado no Maracanã, válido pela final da Copa Sul-Americana. Na foto, torcedores tentando entrar pelo lado do Belini.Foto: Márcio Alves / Agência O Globo ORG XMIT: 1748 DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM
Confusão no Maracanã marcou a final da Copa Sul-Americana

DE SÃO PAULO

A Conmebol anunciou nesta quarta (24) que o Flamengo vai mandar seus dois primeiros jogos da Libertadores com portões fechados. O clube brasileiro também foi condenado pelo tribunal disciplinar da entidade a pagar multa de US$ 300 mil (R$ 959 mil).

As penas foram impostas pelas confusões na partida de volta da final da Copa Sul-Americana, em 13 de dezembro do ano passado.

O Flamengo foi denunciado após seus torcedores provocarem tumulto no hotel onde estava a delegação do Independiente (ARG). Segundo o próprio clube carioca, na hora do jogo, cerca de oito mil pessoas invadiram o estádio em ação planejada por torcidas organizadas. Houve conflitos com policiais, que usaram bombas de gás para dispersar o público.

Com a determinação da Conmebol, o Flamengo vai receber o River Plate (ARG), em 28 de fevereiro, e um adversário que vai sair das fases preliminares, em 18 de abril, com portões fechados. Na fase de grupos, a equipe teria a torcida liberada apenas diante do Emelec (EQU), em 16 de maio.

A Conmebol apresentou também uma advertência de que novos distúrbios vão ocasionar novas sanções. De acordo com o código disciplinar da confederação sul-americana, uma delas poderia ser a exclusão do torneio.

Cabe recurso ao comitê de apelações da Conmebol.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.