Time coreano unificado de hóquei estreia com revés na Olimpíada

Partida foi vista pela irmã do ditador norte-coreano Kim Jong-un

 
Jogadoras da equipe unificada da Coreia no hóquei feminino se reúnem diante da torcida na partida contra a Suíça
Jogadoras da equipe unificada da Coreia no hóquei feminino se reúnem diante da torcida na partida contra a Suíça - Brian Snyder/Reuters
São Paulo

A equipe unificada feminina de hóquei das Coreias do Sul e do Norte estreou nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang neste sábado (10).

E nem o resultado amplamente desfavorável a ofuscou.

O time, que tornou-se uma das atrações do evento por reunir atletas dos dois países rivais, perdeu por 8 a 0 para a Suíça na primeira rodada do torneio olímpico, mas acabou aplaudido no Kwandong Hockey Center.

Foi a primeira vez que representantes das duas nações atuaram juntas em Olimpíadas.

A partida foi vista pelo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, o presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), Thomas Bach, e a irmã do ditador norte-coreano Kim Jong-un, Kim Yo-jong.

Apesar do simbolismo da equipe unificada, houve polêmica pela inserção de atletas norte-coreanas na equipe --inicialmente, foi a equipe da Coreia do Sul que obteve a vaga olímpica.

Em que pesem os protestos, a junção das equipes foi determinada pelos comitês olímpicos dos dois países após intermediação do COI.

O time unificado coreano volta a atuar nesta segunda-feira (12), contra a Suécia, às 10h10 (de Brasília). 

O presidente sul-coreano Moon Jae-in, o presidente do COI, Thomas Bach, e os norte-coreanos Kim Yong-nam e Kim Yo-jong (irmã do ditador Kim Jong-un) durante a partida de hóquei
O presidente sul-coreano Moon Jae-in, o presidente do COI, Thomas Bach, e os norte-coreanos Kim Yong-Nam e Kim Yo-Jong (irmã do ditador Kim Jong-Un) durante a partida de hóquei - Jung Yeon-je/AFP

PRIMEIRO OURO

Foi para a Suécia a primeira medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, na Coreia do Sul.

Charlotte Kalla conquistou neste sábado (10) a láurea ao vencer a prova de esqui cross-country.

Ela cumpriu o percurso de 15 km (dos quais 7,5 km em estilo clássico e o restante em estilo livre) em 40min44s9.

Em segundo lugar ficou a norueguesa Marit Bjorgen, quase oito segundos atrás da vencedora.

Bjorgen é uma das principais esquiadoras da história: ela tem seis ouros, quatro pratas e um bronze em cinco edições de Jogos de Inverno.

Krista Parmakoski, da Finlândia, terminou com a medalha de bronze.

Kalla soma, agora, seis medalhas olímpicas. Ela amealhou ouros nos Jogos de Vancouver-2010, de Sochi-2014 e agora na Coreia do Sul.

Os Jogos começaram oficialmente nesta sexta-feira (9), com a realização da cerimônia de abertura, e serão encerrados no próximo dia 25.

A sueca Charlotte Kalla festeja conquista da medalha de ouro na prova dos 15 km do esqui cross-country
A sueca Charlotte Kalla festeja conquista da medalha de ouro na prova dos 15 km do esqui cross-country - Kai Pfaffenbach/Reuters
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.