Monitorado por seleção e PSG, Neymar será operado neste sábado

Atacante brasileiro chegou ao hospital Mater Dei, em BH, na noite de sexta

Sérgio Rangel
Belo Horizonte

O atacante Neymar será submetido neste sábado (3) a uma cirurgia no pé direito. A intervenção está prevista para a manhã, no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte.

No domingo (25), o jogador quebrou o osso do quinto metatarso na parte final do clássico contra o Olympique de Marseille, pelo Campeonato Francês. 

Chamado de osteossíntese, o procedimento é feito com a colocação de um parafuso que aproxima os fragmentos do osso separados pela fissura para facilitar a cicatrização.

Por causa da contusão, a previsão é de que Neymar fique fora da atual temporada do PSG. O objetivo do jogador é estar recuperado antes do início do período de preparação da seleção para a Copa, previsto para o dia 21 de maio.

De acordo com o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, o atacante vai voltar aos gramados em, no máximo, três meses.

Caso a reabilitação seja longa, o atacante só terá condições de jogar na reta final do período de preparação da seleção para a Copa da Rússia. 

A estreia do Brasil no Mundial será no dia 17 de junho diante da Suíça, em Rostov.

Neymar chega de carro ao hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, acompanhado do médico Rodrigo Lasmar
Neymar chega ao hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, acompanhado do médico Rodrigo Lasmar - Nelson Almeida/AFP

Em agosto, o clube francês pagou 222 milhões de euros (cerca de R$ 900 milhões em valores atuais) para ter o ex-santista. Foi a mais cara negociação da história do futebol mundial. O valor corresponde à multa rescisória estabelecida pelo Barcelona para consumar a liberação do jogador.

O técnico Unai Emery, do PSG, foi cauteloso nesta sexta ao comentar sobre o retorno de Neymar.

“Vamos esperar. Em todas as lesões não sabemos dizer quantos meses [de recuperação]. Tudo depende de como o jogador vai progredir. Mas hoje temos muito otimismo, é um jogador importante e esperamos que ele se recupere o mais rápido possível”, disse o treinador.

O ex-santista desembarcou no Brasil na manhã de quinta (1º). Ele chegou no aeroporto do Galeão, no Rio, e seguiu para a sua mansão em Mangaratiba, região da costa verde fluminense.

O atacante negocia com o clube o local que fará a recuperação. O jogador quer ficar no Brasil nos primeiros dias.

O Atlético-MG ofereceu ao PSG para o jogador se recuperar no centro de treinamento do clube, mas ainda não recebeu resposta. Lasmar é médico da seleção e do time mineiro. Depois de receber alta do hospital, ele deverá voltar para casa dele na costa verde, em um condomínio de luxo.

Neymar contará com um fisioterapeuta e preparador físico particulares.

FRANCESES

O médico francês Gerard Saillant desembarcou nesta sexta no Rio para acompanhar a cirurgia do atacante. Ele será o representante do clube nos primeiros dias de recuperação do atleta no país. 

Presidente e fundador do Instituto do Cérebro e da Medula Espinhal, referência mundial em ortopedia e traumatologia, o médico foi o responsável pela cirurgia no joelho de Ronaldo em 2000.

Coordenador esportivo do PSG, Maxwell, também chegou com o médico. Ex-lateral da seleção, o capixaba é um dos cartolas mais próximos de Neymar no clube.

ÁREA VIP

Uma ala inteira do hospital Mater Dei foi reservada para receber o atacante Neymar.

Familiares e amigos vão poder ficar no espaço reservado até os médicos concederem ao atleta a alta.

O jogador chegou ao hospital às 19h40 desta sexta-feira (2). A cirurgia está prevista para ser realizada na manhã deste sábado.

Ao chegar na capital mineira, Neymar desceu do seu jatinho de muletas, no aeroporto da Pampulha. De lá, seguiu de carro para o hospital. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.