Polícia Militar veta jogo do Corinthians no domingo no Pacaembu

Sem Allianz Parque, Palmeiras tem local do jogo de volta alterado

Vista geral do estádio do Pacaembu, que será usado também pelo Palmeiras nas quartas de final do Campeonato Paulista
Vista geral do estádio do Pacaembu, que será usado também pelo Palmeiras nas quartas de final do Campeonato Paulista - Robson Ventura/Folhapress
Eduardo Geraque Luiz Cosenzo
São Paulo

A Polícia Militar solicitou à FPF (Federação Paulista de Futebol) a alteração na data da partida entre Bragantino e Corinthians, marcada para o próximo domingo (18), às 11h, no Pacaembu, pelas quartas de final do Campeonato Paulista

De acordo com a Polícia Militar, o horário do término da partida deve coincidir com o deslocamento de torcedores do São Paulo para São Caetano do Sul, onde a equipe enfrenta o São Caetano também no domingo, às 16h, no Anacleto Campanella. 

Além da preocupação do confronto entre as torcidas durante o deslocamento, o entorno do estádio do Pacaembu sediará uma etapa do circuito das estações —corrida de rua. As provas são de 3km, 5km e 10km. 

Assim, a avenida Pacaembu estará bloqueada pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) até às 11h, horário do início da partida. 

O confronto de ida das quartas de final entre Bragantino e Corinthians foi marcado para o Pacaembu após pedido da própria equipe de Bragança Paulista.

O presidente do clube, Marquinhos Chedid, admitiu que decidiu mandar o jogo de ida no local para obter uma maior arrecadação, vendendo ingressos para a torcida do adversário. 

“Temos que pensar no equilíbrio financeiro para a sobrevivência do clube. Caso contrário daqui 60 dias não teremos condições de pagar os salários e receberemos vários processos”, afirmou.

A FPF diz que já foi comunicada pela Polícia Militar e conversa com a prefeitura para resolver a questão.

A decisão sobre as datas, os horários e os locais dos jogos aconteceu nesta terça-feira (13) na sede da entidade em uma reunião que envolveu representantes das oito equipes classificadas. 

PALMEIRAS

O Palmeiras também não poderá usar o Allianz Parque no duelo de volta das quartas de final contra o Novorizontino, marcado para a próxima terça-feira (20), às 20h30. 

O local será palco de um evento corporativo para cinco mil pessoas. A data está bloqueada ao Palmeiras desde o ano passado. No inicio de fevereiro, o clube foi informado novamente pela WTorre de que não poderia jogar na arena no dia 20 de março.

A Federação Paulista de Futebol confirma que o jogo será no mesmo dia e horário no Pacaembu. 
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.