Descrição de chapéu Copa do Mundo

Com raiva, Maradona culpa cartola argentino e poupa Messi

Ex-jogador comentou situação complicada da seleção sul-americana na Copa

Diego Maradona durante no empate da Argentina com a Islândia
Diego Maradona durante no empate da Argentina com a Islândia - Carl Recine/Reuters
 
Alex Sabino
Moscou

Em seu programa na TV estatal venezuelana Telesur, Diego Maradona disse que gostaria de ter uma conversa com todos os jogadores do elenco argentino para tentar mudar o ânimo da seleção que ainda não venceu na Copa do Mundo e corre risco de ser eliminada na fase de grupos

Mais do que isso, vive uma crise interna, com Messi apático e o presidente da AFA (Associação de Futebol Argentino), Claudio Tapia, se reunindo com o técnico Jorge Sampaoli para dizer que ele não será demitido durante o torneio e que vai comandar a equipe na terça (26), contra a Nigéria, em São Petersburgo.
 
"Estou com uma raiva que não se pode transmitir e uma bronca interior muito grande porque quem vestiu a camisa da seleção não pode vê-la humilhada assim por uma equipe croata que não é a Alemanha, não é Brasil, não é Holanda nem Espanha. Mas isso tem um culpado e o culpado é o presidente da AFA. Todo mundo entrou na história de que Sampaoli vinha com os computadores, com os drones, com 14 ajudantes e 25 sparrings. Me parece que há uma total falta de autoridade por parte de Tapia", disse o campeão mundial de 1986.

Para Maradona, Messi fez o possível em campo contra os croatas e foi prejudicado pelo esquema de jogo. 

"Gostaria de ter uma reunião com eles [os jogadores] com Pumpido, com Goyco [Goycoechea], com Caniggia, com Troglio, com mesmo Passarella se quiser vir, com Valdano [todos ex-jogadores da seleção]. Vamos defender o prestígio [da seleção], rapazes. Nos custou muito estar onde estamos para que venha Croácia, nos faça três gols e que sejamos eliminados de braços cruzados sem que ninguém coloque nem uma perna na dividida", completou.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.