Descrição de chapéu Copa do Mundo

Verba de produção atrasa e cancela show de Gil na Casa Brasil em Moscou

Patrocinador desiste, e espaço para cultura brasileira permanece fechado

Silas Martí
Moscou

 ​A novidade veio dar à praia. Ou melhor, às margens do rio Moscou. Não será desta vez que torcedores da Copa do Mundo verão Gilberto Gil cantar bem pertinho do Kremlin. 

O show do músico, que inauguraria a Casa Brasil, espaço reservado à cultura brasileira na capital russa, foi cancelado por atrasos nas transferências de verbas de produção, agravadas ainda pela desistência de um importante patrocinador do evento, dizem pessoas próximas a essas negociações.
 

O cantor e compositor Gilberto Gil em seu estúdio na Gávea, no Rio
O cantor e compositor Gilberto Gil em seu estúdio na Gávea, no Rio - Ricardo Borges/Folhapress

Organizadores de uma das apresentações em Moscou afirmam que a Riotur, agência pública de fomento ao turismo no Rio, desistiu de última hora da parceria com o projeto e que a burocracia do sistema bancário russo impediu que outras remessas de dinheiro chegassem a tempo de pagar as contas desse festival, afetando o pagamento de cachês de alguns dos artistas.

Em nota, os responsáveis pela Casa Brasil, no entanto, negam que a empresa pública fluminense estivesse envolvida com esse evento em Moscou e afirmam que o cancelamento do show de Gil se deveu apenas ao adiamento da abertura dos palcos na cidade.

Esse atraso, ainda segundo os produtores, foi ocasionado por “problemas burocráticos” com o locador do imóvel russo, que acabou adiando a abertura do espaço brasileiro como um todo, agora marcado para o final de semana.

Já na capital russa com sua banda, Gil, que abriria o evento e chegou a receber seu cachê, deverá ao menos ver os jogos do Brasil em Rostov e São Petersburgo antes de iniciar uma turnê pela Europa.

Montada perto da praça Vermelha, no coração de Moscou, a Casa Brasil ainda planeja receber uma série de shows de artistas brasileiros nas próximas semanas, em paralelo às partidas da Copa do Mundo na Rússia

O show de Gil estava marcado para coincidir com a estreia do torneio nesta quinta (14), quando a seleção russa enfrentou a da Arábia Saudita no estádio Lujniki, mas foi adiado para o dia seguinte e então cancelado horas mais tarde. 

Outras apresentações já anunciadas para o espaço, entre elas de músicos como Liniker, Hermeto Pascoal e Mart’nália, deverão acontecer na capital russa ainda, só que em novas datas, de acordo com os produtores do festival.

Já está confirmada, no entanto, a apresentação do rapper Emicida, que deve subir ao palco em Moscou neste domingo, coincidindo com a estreia do Brasil na Copa russa.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.