Com time reserva, Corinthians leva a virada da Chapecoense no fim

As equipes voltam a se enfrentar na quarta (15), desta vez pela Copa do Brasil

Corinthians e Chapecoense se enfrentaram neste domingo (12), em Chapecó
Corinthians e Chapecoense se enfrentaram neste domingo (12), em Chapecó - Divulgação Corinthians/Daniel Augusto Jr.
S√£o Paulo

Com um time repleto de reservas, o Corinthians levou a virada da Chapecoense neste domingo (12), na Arena Condá, em Chapecó. A equipe da casa venceu por 2 a 1, após ter ido para o intervalo com a derrota parcial.

Os gols da partida foram de Marquinhos Gabriel, aos 6 minutos do primeiro tempo, do argentino Diego Torres, aos 26 da etapa complementar, e do tamb√©m argentino Doffo, nos acr√©scimos, aos 49.

O triunfo tirou a Chapecoense da zona do rebaixamento da S√©rie A. Agora com 21 pontos, o time de Chapec√≥ empurrou o Santos para o grupo dos quatro √ļltimos colocados do torneio. A equipe da Vila foi derrotada pelo Atl√©tico-MG.

Foi a primeira vez na hist√≥ria que a Chape bateu o Corinthians. O duelo ainda marcou a estreia do t√©cnico Guto Ferreira √† frente da equipe catarinense. 

Autor do gol de empate, Diego Torres também era outro estreante da tarde. Ele foi anunciado pelo clube de Chapecó na semana passada. Antes, estava no Deportes Iquique, do Chile.

O resultado deixou o Corinthians ainda em sétimo, com 26 pontos após 18 jogos disputados.

A equipe alvinegra escalou nove reservas para o jogo em Chapec√≥. Dos titulares, apenas C√°ssio e Gabriel entraram em campo.

O treinador Osmar Loss optou por poupar a maioria da equipe de olho no confronto da pr√≥xima quarta-feira (15), quando o Corinthians enfrenta a mesma Chapecoense, de novo em Chapec√≥. 

Esse duelo vale vaga na semifinal da Copa do Brasil - o time alvinegro venceu a partida de ida por 1 a 0, em S√£o Paulo.

O JOGO

No jogo deste domingo, a Chapecoense levou um gol logo aos 6 minutos - foi a terceira vez que a equipe catarinense √© vazada antes dos 10 minutos nos √ļltimos cinco jogos.

Clayson levou pela esquerda, cruzou para a √°rea, e Roger cabeceou. Jandrei salvou, mas deu rebote para Marquinhos Gabriel abrir o placar na Arena Cond√°. 

Melhor na partida, o Corinthians poderia ter ampliado ainda na etapa inicial, se não tivesse desperdiçado algumas boas oportunidades.

Em uma das melhores chances, Mateus Vital carregou pela esquerda, cortou Rafael Thyere e bateu colocado, no travess√£o. Na sobra, Roger isolou por cima do gol. 

Dentro da zona do rebaixamento do Brasileiro, a Chapecoense não demonstrou poder de reação nos 45 minutos iniciais

O Corinthians, por sua vez, viu Araos ser um dos destaques ao lado de Gabriel, al√©m de Mantuan, L√©o Santos e Carlos Augusto, que n√£o comprometeram. 

Na etapa final, a Chapecoense melhorou e passou a ameaçar mais a meta de Cássio.

E foi justamente em uma falha de seu goleiro titular que o Corinthians levou o empate.

Aos 21 minutos, Jandrei chutou para o alto e mandou para o ataque. Cássio tentou se antecipar à bola, mas foi encoberto e rapidamente fez a defesa, mas fora da área.

O árbitro Grazianni Rocha marcou falta e aplicou cartão amarelo no goleiro corintiano, apesar dos protestos da torcida, que pedia sua expulsão, pois a bola ia na direção do gol.

Na cobrança de falta, Diego Torres bateu com perfeição e empatou a partida.

No fim, M√°rcio Ara√ļjo bateu cruzado, C√°ssio deu rebote e Doffo completou, j√° nos acr√©scimos, dando n√ļmeros finais ao placar na Arena Cond√°. 

Tópicos relacionados

Coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.