Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro

Palmeiras vence Corinthians e segue na cola dos líderes

Em jogo tenso, alviverde fez 1 a 0 no rival em partida do Brasileiro

Deyverson marcou o gol da vitória palmeirense no Dérbi, disputado no Allianz Parque
Deyverson marcou o gol da vitória palmeirense no Dérbi, disputado no Allianz Parque - Paulo Whitaker/Reuters
Luiz Cosenzo
São Paulo

Com uma formação praticamente reserva, o Palmeiras venceu o Corinthians por 1 a 0, neste domingo (9), no Allianz Parque, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Deyverson aos 12 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, a equipe alviverde manteve a terceira colocação na classificação, com 46 pontos ---três a menos do que o líder Internacional, que venceu o Grêmio por 1 a 0, neste domingo. Com a mesma pontuação --leva desvantagem no saldo de gols---, o São Paulo ocupa a segunda posição após vencer o Bahia por 1 a 0, no sábado (8), no Morumbi.

Com o resultado, o time completou a nona partida invicta na competição. Destes, oito jogos foram sob o comando do treinador Luiz Felipe Scolari e um de Wesley Carvalho, treinador do sub-20.

O último revés do clube no torneio foi no dia 25 de julho, quando perdeu para o Fluminense por 1 a 0. O resultado custou a demissão do treinador Roger Machado.

Se o Palmeiras tem nove jogos de invencibilidade, o Corinthians, que teve a estreia de Jair Ventura, venceu apenas dois confrontos neste período. O time tem 30 pontos e está na décima posição.

Agora, as equipes se preparam para as semifinais da Copa do Brasil. Na quarta-feira (12), o clube alvinegro visita o Flamengo, enquanto a equipe palmeirense recebe o Cruzeiro.

Pelo Brasileiro, voltam a campo no domingo (16). O Palmeiras enfrenta o Bahia em Salvador. Já o Corinthians pega o Sport.

De olho no duelo contra os mineiros, Felipão escalou uma equipe mista diante do Corinthians. Weverton, Dudu e Felipe Melo foram os únicos titulares que começaram a partida. O volante, no entanto, cumprirá suspensão contra o Cruzeiro e será substituído por Thiago Santos, que também iniciou o jogo contra o rival neste domingo ---saiu no intervalo para a entrada de Moisés.

Jair Ventura colocou em campo o que tem de melhor. A única ausência foi o lateral direito Fagner, machucado. O treinador optou por utilizar Roger como centroavante fixo e Romero e Pedrinho pelos lados do campo.

Com essa formação, o Corinthians priorizava a marcação e apostava nos contra-ataques. Já o Palmeiras tinha uma postura mais agressiva. Dudu, Hyoran e Deyverson marcavam a saída de bola do adversário, enquanto Lucas Lima ganhou liberdade para trabalhar no setor de armação, já que Felipe Melo e Thiago Santos eram responsáveis pela marcação.

O Corinthians teve a estreia do técnico Jair Ventura no clássico
O Corinthians teve a estreia do técnico Jair Ventura no clássico - Paulo Whitaker/Reuters

Apesar de controlar o jogo e buscar o gol desde o início, o Palmeiras pouco criou no primeiro tempo. As melhores oportunidades foram em chutes cruzados de Hyoran e Deyverson após os 30 minutos.

Com Moisés em campo no lugar de Thiago Santos, o time alviverde se tornou mais ofensivo e pressionou o Corinthians. A equipe alternava jogadas pelos lados do campo, mas não conseguia finalizar. Num desses lances, porém, abriu o placar. Aos 12 minutos, Marcos Rocha cruzou rasteiro e Deyverson só desviou para o gol.

Criticado até antes da chegada de Felipão, o camisa 16 foi aplaudido e teve o nome gritado quando foi substituído por Willian. 

Com a derrota parcial, Jair Ventura colocou o Corinthians mais para frente. Clayson substituiu Pedrinho, Jonathan entrou no lugar de Roger e Gabriel na vaga de Mantuan para tentar neutralizar Dudu.

Apesar de sair mais para o jogo, o Corinthians não exigiu o goleiro Weverton. Bem postada, a defesa palmeirense cortava os cruzamentos.

Já o Palmeiras teve oportunidades de aumentar o placar. Aos 27 minutos, Dudu fez jogada individual e encheu o pé da entrada da área acertando o travessão.

A equipe teve outras chances, mas não conseguiu concluir para o gol. 

Deyverson desfalca o Palmeiras nos próximos 3 jogos

Autor do gol da vitória do Palmeiras sobre o Corinthians, o atacante Deyverson, 27, desfalcará a equipe nos duelos contra o Cruzeiro (dia 12, pela Copa do Brasil), Bahia (dia 16, pelo Campeonato Brasileiro) e Colo-Colo (dia 20, pela Copa Libertadores).

Nas três partidas, o jogador cumprirá suspensão. Diante dos mineiros, cumprirá o segundo jogo da punição imposta pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) pela expulsão no duelo de ida contra o Bahia, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Contra o Bahia, no domingo, o jogador está suspenso porque recebeu o terceiro cartão amarelo no clássico deste domingo. E ele não atuará contra o Colo-Colo porque foi expulso no final da partida contra o Cerro Porteño após entrar na etapa complementar e simular que tinha tomado uma bolada e, na sequência, gesticular para a torcida pedindo apoio. 

Deyverson abraça Felipão após marcar o gol do Palmeiras no clássico
Deyverson abraça Felipão após marcar o gol do Palmeiras no clássico - Paulo Whitaker/Reuters

Neste domingo (9), quase se envolveu em nova confusão. Ao ser substituído aos 32 minutos do segundo tempo, ele deu uma piscadinha na direção do banco de reservas do Corinthians. O gesto fez os jogadores dos dois clubes se estranharem fora do campo. 

“Eu pergunto para ti o que preciso falar para mudar algumas coisas no Deyverson. E são algumas coisas que vamos ser lembrados se conseguirmos mudar no Deyverson. É isso que preciso mudar no Deyverson. Ele treina super bem, se dedica e é difícil alguém fazer o que ele faz. É um centroavante daqueles que não perde bola aérea, então todo mundo faz com que ele apareça e a gente só dá a chance. Não tenho o Deyverson para o jogo contra o Cruzeiro... Três jogos. Assunto interno, agora levo para dentro”, disse Felipão sobre o atacante, reserva imediato de Borja.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.