Descrição de chapéu Copa Libertadores

Brasil leva vantagem nos duelos contra argentinos na Libertadores

Rivais, porém, venceram mais decisões da competição

São Paulo

Protagonistas das semifinais da Libertadores, Brasil e Argentina escrevem a partir desta terça (30) mais um capítulo de uma rivalidade histórica no torneio, com predomínio brasileiro.

​Desde 1960, quando a Libertadores começou a ser disputada, equipes de Brasil e Argentina se enfrentaram 244 vezes, com 91 vitórias de brasileiros contra 85 de argentinos.

Por outro lado, são os times da Argentina que levam vantagem nas finais. Os dois países se enfrentaram 14 vezes pelo troféu da competição, com 9 títulos para os argentinos.

Os brasileiros, no entanto, venceram os dois confrontos mais recentes em finais. Em 2012, o Corinthians foi campeão contra o Boca Juniors, enquanto o Grêmio levou o título ao ganhar do Lanús no ano passado.

Benedetto, do Boca Juniors, sobe para cabecear a bola e fazer o primeiro time argentino contra o Palmeiras, em La Bombonera
Benedetto, do Boca Juniors, sobe para cabecear a bola e fazer o primeiro time argentino contra o Palmeiras, em La Bombonera - Agustin Marcarian-25.out.18/Reuters

O maior campeão da Libertadores é um argentino, o Independiente, que ganhou o campeonato sete vezes. O Boca Juniors pode igualar o número de títulos se vencer a edição deste ano, mas antes precisa passar pelo Palmeiras.

Em La Bombonera, o Boca Juniores deu um grande passo para chegar à final ao vencer do Palmeiras por 2 a 0. Agora, a equipe paulista precisará ganhar por três gols de diferença para chegar a decisão.

Nesta edição da Libertadores, o time alviverde já havia disputado dois jogos contra o Boca Juniors  antes das semifinais. Em São Paulo, empate por 1 a 1. Na Argentina, triunfo brasileiro por 2 a 0.

Além do Palmeiras, o Boca encarou em sua trajetória o Cruzeiro. Venceu a partida de ida por 2 a 0, em La Bombonera, e empatou o segundo confronto por 1 a 1

 

Por outro lado, o Grêmio levou a melhor sobre o River Plate no jogo de ida da semifinal. Na terça-feira (23), o time surpreendeu e venceu em Buenos Aires por 1 a 0 mesmo sem seus dois principais destaques, os atacantes Everton e Luan. Assim, joga por um empate para avançar à final da competição.

O segundo confronto está marcado para esta terça-feira (30), às 21h45, na Arena do Grêmio.

Ao longo da competição, o Grêmio eliminou os argentinos Estudiantes (nos pênaltis, após uma vitória e uma derrota pelas oitavas de final) e Atlético Tucuman (com dois triunfos nas quartas).

Já o River  Plate, antes de pegar o Grêmio, havia enfrentado apenas um brasileiro, o Flamengo, ainda na fase de grupos. Obteve dois empates.

Confrontos Brasil x Argentina

Jogos: 224
Vitórias brasileiras: 91
Vitórias argentinas: 85
Empates: 48

Finais entre Brasil e Argentina

Com vitorias brasileiras: 
1963 - Santos x Boca Juniors
1976 - Cruzeiro x River Plate
1992 - São Paulo x Newell’s Old Boys
2012 - Corinthians x Boca Juniors
2017 - Grêmio x Lanús

Com vitórias argentinas:
1968 - Estudiantes x Palmeiras
1974 - Independiente x São Paulo
1977 - Boca Juniors x Cruzeiro
1984 - Independiente x Grêmio
1994 - Vélez Sarsfield x São Paulo
2000 - Boca Juniors x Palmeiras
2003 - Boca Juniors x Santos
2007 - Boca Juniors x Grêmio
2009 - Estudiantes x Cruzeiro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.