Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro

Corinthians tem sequência decisiva para não correr riscos de rebaixamento

Equipe alvinegra enfrentará Vitória, Bahia e Botafogo nas próximas três rodadas

Luiz Cosenzo Luciano Trindade
São Paulo

Após a derrota na final da Copa do Brasil, o Corinthians terá que concentrar todas as suas atenções na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Nas três próximas rodadas, o clube enfrentará rivais diretos contra o descenso.

Atualmente, a equipe alvinegra ocupa a 11ª colocação com 35 pontos –quatro a mais do que o Ceará, o primeiro clube da zona de rebaixamento. O time cearense, porém, tem um jogo a menos –enfrentará o Cruzeiro na próxima quarta-feira, no Mineirão, pelo complemento da 28ª rodada.

O primeiro dos três compromissos decisivos que o Corinthians tem será no próximo domingo (21), quando encara o Vitória, no Barradão, em Salvador. Seis dias depois, o adversário será o Bahia em duelo marcado para o Itaquerão. A sequência será encerrada no dia 4 de novembro no duelo contra o Botafogo.

Técnico do Corinthians, Jair Ventura, posa para foto no CT Joaquim Grava, com bandeira do Corinthians tremulando ao lado.
Técnico do Corinthians, Jair Ventura, durante entrevista após comandar treino no CT Joaquim Grava, em São Paulo. - Bruno Santos-4.out.18/Folhapress

Os três rivais estão atrás do Corinthians na tabela de classificação. O time carioca é o 12º colocado com 35 pontos ---mesma pontuação corintiana, que leva vantagem no número de vitórias (9 a 8). O Bahia vem logo atrás com um ponto a menos, enquanto o Vitória tem 32 pontos.

Em 2007, quando foi rebaixado para a Série B, o Corinthians somava 34 pontos nesta altura do campeonato. O time, porém, ocupava o 18º lugar.

A meta corintiana é chegar aos 46 pontos. Desde 2006, quando o Brasileiro passou a ser disputado por 20 clubes em pontos corridos, nunca um time com essa pontuação foi rebaixado.

A média de pontos do 17º colocado (o primeiro na zona de rebaixamento) nesse período é de 42 pontos.

“Lógico que preocupa. Estamos a quatro pontos da zona de rebaixamento. Temos sete, oito finais pela frente”, disse o presidente Andrés Sanchez após a derrota para o Cruzeiro por 2 a 1, na quarta-feira (27), no Itaquerão, pela segunda partida da final da Copa do Brasil.

“Nós temos que ficar tristes, mas temos esse direito até o próximo jogo, no Brasileiro. Ele é nosso foco agora. Temos que fazer o melhor possível para terminar o mais alto”, disse o treinador Jair Ventura.

O Corinthians ainda pode sonhar com uma vaga na Copa Libertadores, mas a situação é bem difícil. O clube está 11 pontos atrás do Atlético-MG, hoje a última equipe na zona de classificação para o torneio sul-americano.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.