Desfalcado, Santos conta com retorno de Rodrygo para jogo com Chapecoense

Time de Cuca tem diversas baixas e deve precisar improvisar Alison como zagueiro

São Paulo

Após quebrar a cabeça com uma série de desfalques, o técnico Cuca teve uma boa notícia para o duelo desta segunda-feira (12), às 20h, contra a Chapecoense.

Rodrygo, ameaçado de ficar fora do jogo por causa de uma gripe, participou do treino e está confirmado no ataque da equipe santista.

Com 46 pontos, Cuca considera fundamental a vitória para cumprir sua meta no Brasileiro: garantir o time na Libertadores do ano que vem. Para isso, precisa ficar entre os seis primeiros colocados. O Santos ocupa atualmente a oitava posição.

Rodrygo comemora gol contra o Ceara em jogo valido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2018 serie A, no estadio do Pacaembu.
Rodrygo comemora gol contra o Ceara em jogo valido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2018 serie A, no estadio do Pacaembu. - Ale Frata/Codigo19/Folhapress

"As seis partidas que restam pelo Brasileiro serão seis finais", afirmou Cuca.

De acordo com suas projeções, se o time conquistar 11 dos 18 pontos em disputa, deve terminar a competição na fase classificatória para o torneio continental.

A presença de Rodrygo vem minimizar os desfalques. Luiz Felipe e Lucas Veríssimo estão machucados, enquanto Gabriel e Diego Pituca ficam fora do duelo por suspensão.

"É um jogo atípico para nós. É a primeira vez que temos tantas baixas ao mesmo tempo", completou. Na defesa, Alison deve atuar improvisado ao lado de Gustavo Henrique. Assim, Guilherme Nunes deve ser o volante.

No restante das posições, não devem existir surpresas. Daniel Guedes, Bryan Ruiz e Eduardo Sasha provavelmente entrarão nas vagas de Victor Ferraz, Diego Pituca e Gabriel.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.