Andy Murray passa por nova cirurgia no quadril e mostra prótese metálica

Tenista britânico pretende se aposentar no torneio de Wimbledon deste ano

São Paulo | UOL

Depois de anunciar que se aposentará ainda nesta temporada do circuito mundial de tênis, o britânico Andy Murray, 31, passou por uma nova cirurgia no quadril e compartilhou nesta terça-feira (29), nas redes sociais, um raio-X com a prótese metálica que foi implantada no local (segunda foto no post abaixo).

O procedimento, que no Brasil é conhecido como artroplastia de recapeamento do quadril, geralmente é utilizado em pessoas com maior atividade física e é uma alternativa à prótese total. A intenção de Murray é conseguir jogar o torneio de Wimbledon neste ano. ​

"Sentindo-me um pouco dolorido agora, mas espero que seja o fim da minha dor no quadril ", escreveu.

 

Murray já havia operado o local em janeiro de 2018. Ele retornou às quadras em junho e disputou 12 partidas até o fim do ano passado. Voltou a jogar no início de 2019 e não passou da estreia do Aberto da Austrália, com derrota apara o espanhol Roberto Bautista Agut.

Antes do Grand Slam australiano, o tenista chorou em entrevista ao falar sobre seus planos de aposentadoria e contar como as dores vinham atrapalhando seu desempenho nos últimos anos.

 

Atual número 225 do ranking, Murray venceu três Grand Slams, foi duas vezes medalhista de ouro dos Jogos Olímpicos e chegou a ocupar a liderança do ranking da ATP.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.