Descrição de chapéu Campeonato Paulista

Pressionados, São Paulo e Corinthians jogam em Itaquera

Rivais vêm de resultados ruins em torneios continentais e tentam ficar na zona de classificação

São Paulo

Nada melhor para um time em crise do que encarar um clássico. Vencer um arquirrival costuma criar novo ambiente para a equipe se reabilitar. Só que no caso do jogo deste domingo (17), o objetivo é compartilhado por Corinthians e São Paulo. Os dois ainda não conseguiram se firmar em 2019.

As duas equipes se enfrentam no Itaquerão, às 19 horas, pelo Campeonato Paulista. 

Ambos vêm de três jogos sem vencer. E o time do Morumbi ainda amargou a eliminação diante do modesto Talleres, da Argentina, na fase classificatória da Copa Libertadores, na última quarta-feira (13).

Mancini comanda treino do São Paulo antes de clássico com o Corinthians
Mancini comanda treino do São Paulo antes de clássico com o Corinthians - Maurício Rummens/Fotoarena

A queda provocou o afastamento de André Jardine do cargo de técnico e seu futuro segue indefinido no clube. O São Paulo encontrou uma solução incomum. Cuca foi contratado para o posto de treinador, porém faz um tratamento cardiológico e só assumirá a equipe daqui a dois meses. O coordenador técnico Vagner Mancini será o interino até lá.

Ele teve três dias para resgatar a autoestima do elenco antes do clássico. Dirigiu apenas um treino com todos os jogadores à disposição. 

Sem relevar a escalação, Mancini falou da importância do jogo no Itaquerão: “O mais importante para nós, além da vitória, será readquirir a confiança”, afirmou o interino.

O São Paulo garante que o plano é ter Cuca quando ele estiver em condições físicas para trabalhar. Mesmo que Mancini consiga fazer o time reagir e embalar uma sequência de vitórias.

Do lado corintiano, apesar de Fábio Carille contar com a confiança da diretoria e da torcida, seu trabalho já sofre questionamentos pela falta de padrão de jogo e indefinição da equipe titular.

Essa situação quase provocou um vexame na Copa do Brasil. No último dia 7, o time corintiano empatou em 2 a 2 com o Ferroviário-CE, recém-promovido à Série C do Campeonato Brasileiro, e só avançou à segunda fase do mata-mata devido ao critério que dava vantagem da igualdade ao time visitante.

Na última quinta-feira (14), na estreia na Copa Sul-Americana, o Corinthians conseguiu marcar apenas aos 43 minutos do segundo tempo para arrancar um empate do Racing (ARG), por 1 a 1. 

Carille em jogo contra o Racing na Sulamericana
Carille em jogo contra o Racing na Sulamericana - Amanda Perobelli/Reuters

Terá agora de vencer na Argentina para avançar no torneio. Se empatar, pode se classificar se fizer pelo menos dois gols. 

No Estadual, a situação dos rivais não é confortável. O São Paulo está na segunda colocação do Grupo D, com nove pontos, e pode terminar a rodada fora da zona de classificação em caso de derrota neste domingo. Para isso, o Oeste teria de pelo menos empatar com a Ferroviária. O líder do grupo, o Ituano, tem dez pontos e venceu o Mirassol.

O Corinthians nem sequer está em posição que dá acesso ao mata-mata do campeonato. Em 3º no Grupo C, precisa ganhar para ultrapassar Bragantino ou Ferroviária.

O consolo para o time do Parque São Jorge é que vai defender tabu diante do rival. Em sua arena, o Corinthians nunca perdeu dos são-paulinos: são seis vitórias e três empates. Pelo estadual, são dois triunfos e uma igualdade.

Além disso, os corintianos também ostentam um histórico recente vitorioso nos confrontos contra os rivais da capital. Nos últimos dez anos, tem 64,1% de aproveitamento em jogos diante de São Paulo e Palmeiras, com 35 vitórias, 24 empates e 8 derrotas.

Corinthians x São Paulo

  • Quando domingo (17), às 19h
  • Onde Itaquerão
  • Na TV Pay-per-view

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.