Rio Open perde 7 dos 8 favoritos antes das oitavas de final

Sétimo cabeça de chave a cair foi o argentino Diego Schwartzman, nesta quarta (20)

O tenista austríaco Dominic Thiem em ação pelo Rio Open
O tenista austríaco Dominic Thiem em ação pelo Rio Open - Fotojump/Rio Open
Daniel E. de Castro
Rio de Janeiro

Nos dois primeiros dias da chave principal do Rio Open, já que a segunda-feira (18) foi marcada por fortes chuvas que impediram a realização da rodada, o torneio já perdeu 7 dos seus 8 cabeças de chave.

O sétimo favorito a cair foi o atual campeão, o argentino Diego Schwartzman, que nesta quarta (20) abandonou a partida contra o uruguaio Pablo Cuevas após ser derrotado no primeiro set por 6/1 e estar com desvantagem de 1/4 na segunda parcial.

O jogo havia começado no dia anterior, mas foi interrompido logo no começo novamente por causa da chuva.

Já na terça (19), a principal surpresa foi a derrota do maior favorito, o austríaco Dominic Thiem, oitavo colocado do ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), para o sérvio Laslo Djere, 23, número 90 do mundo.

Irreconhecível, o campeão do Rio Open de 2017 e finalista de Roland Garros no ano passado foi eliminado no saibro do Jockey Club em sets diretos (duplo 6/3).

Thiem e Schwartzman se juntaram aos italianos Fabio Fognini (cabeça de chave número 2) e Marco Cecchinato (3), ao sérvio Dusan Lajovic (6), ao tunisiano Malek Jaziri (7) e ao chileno Nicolas Jarry (8) na surpreendente lista de favoritos que caíram logo na estreia.

Apenas o português João Sousa, cabeça de chave 5 e 40º do ranking, confirmou o favoritismo na primeira rodada.

Sem a presença dos principais atletas do ranking nas oitavas de final, a chave ficou aberta para azarões, e nessa lista está o brasileiro Thiago Monteiro (126º). Após vencer o português Pedro Sousa (99º) na estreia, ele enfrentará o esloveno Aljaz Bedene (83º) nas oitavas.

O último título de ATP em simples de um tenista brasileiro foi conquistado por Thomaz Bellucci em 2015. Ele fez sua última final nesse nível em 2017.

O começo do Rio Open também foi bom para jovens revelações, como o espanhol Jaume Munar, 21 anos e 66º colocado do ranking, e o canadense Felix Auger-Aliassime, 18, que entrará pela primeira vez no top 100 na próxima semana.

Na tranquila vitória sobre Fognini (6/2 e 6/3), o canadense jogou muito solto e conquistou, além do triunfo mais expressivo da sua carreira, o público da acanhada quadra 1.

O brasileiro Thiago Wild, 18, fazia o mesmo contra o japonês Taro Daniel na terça, mas levou a virada após vencer o primeiro set, em outro jogo retomado nesta quarta.

Oitavas de final do Rio Open:

Laslo Djere x Taro Daniel
Casper Ruud x João Sousa
Aljaz Bedene x Thiago Monteiro
Hugo Dellien x Roberto Carballes Baena
Federico Delbonis x Alberto Ramos-Vinolas
Juan Ignacio Londero x Pablo Cuevas
​Cameron Norrie x Jaume Munar
Christian Garin x Felix Auger-Aliassime
 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.