Pelé tem febre e é levado para hospital em Paris, diz rádio

Segundo a assessoria do ex-jogador, ele foi apenas medicado

São Paulo | UOL

O ex-jogador Pelé foi levado a um hospital em Paris nesta terça (2) após sentir febre.

O caso aconteceu depois do encontro entre o ídolo do futebol mundial com Kylian Mbappé, jovem atacante francês. A rádio RMC Sports disse que o "Rei do futebol" havia sido internado, mas, de acordo com a assessoria de imprensa de Pelé, o ex-camisa 10 da seleção brasileira foi apenas medicado e deve retornar ao Brasil ainda nesta quarta.

Pelé durante encontro com o jogador francês Kylian Mbappe, do PSG, em Paris
Pelé durante encontro com o jogador francês Kylian Mbappe, do PSG, em Paris - Franck Fife/AFP

Pelé teria sentido febre durante a noite e foi transportado do hotel para um hospital na capital francesa, onde recebeu medicação. O ex-jogador, que atualmente está com 78 anos de idade, foi a Paris para um encontro com Mbappé, jovem estrela da seleção da França, promovido por um patrocinador de ambos.

A reunião havia sido originalmente marcada para 2018, mas foi adiada por conta das condições de saúde de Pelé. 

O ex-camisa 10 da seleção brasileira demonstrou ser fã da revelação francesa durante a conversa. Pelé, inclusive, acredita que Mbappé pode alcançar a dificílima marca dos mil gols na carreira.

"É possível que ele chegue aos mil gols. Para mim foi possível, marquei 1.025 exatamente. Então, acho que mil gols é uma marca possível para ele", afirmou à agência AFP. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.