Em 2019, Corinthians é o time do 1 a 0

Placar da vitória sobre São Paulo é o mais comum da equipe de Carille

São Paulo

Neste domingo (26), o Corinthians recebeu o São Paulo em sua Arena pela 12ª vez e manteve a invencibilidade contra o rival com vitória por 1 a 0

Essa foi a 15ª vitória do time de Fábio Carille no ano em 34 partidas oficiais. Dessas, dez foram por um gol de diferença e sete pelo placar de 1 a 0. O placar é o que mais vezes aconteceu com nas partidas envolvendo o time alvinegro em 2019.

Pedrinho do Corinthians durante partida contra o São Paulo, valido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2019, disputada no Itaquerão em São Paulo, na noite deste domingo (26).
Pedrinho do Corinthians durante partida contra o São Paulo, valido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2019, disputada no Itaquerão em São Paulo, na noite deste domingo (26). - Danilo Fernandes/Brazil Photo Press/Folhapress

Agora o Corinthians amplia a já grande soberania sobre seu arquirrival jogando em seu novo estádio. Em 12 partidas, foram 9 vitórias para os donos da casa e 3 empates.

Antes do jogo deste domingo os números já contabilizavam 24 gols marcados pelo Corinthians e 10 sofridos.

O último duelo entre os dois havia sido a final do Campeonato Paulista, quando a equipe alvinegra levantou a taça após a vitória por 2 a 1.

Neste domingo o roteiro foi perfeito para o time de Fábio Carille. O gol saiu logo aos seis minutos de jogo, em chute de Pedrinho que desviou em Arboleda antes de entrar.

Pedrinho marcou seu oitavo gol em 106 jogos com a camisa do Corinthians. Este foi o terceiro em 2019, que se torna agora o ano mais goleador do atacante no profissional.

Em vantagem, o Corinthians fez o que melhor sabe fazer em campo: se organizou defensivamente e convidou o adversário para seu campo, buscando contra-ataques.

Mesmo assim, os donos da casa mantiveram o controle da partida e criaram mais chances que o adversário.

Em uma das únicas vezes em que o São Paulo levou perigo, aos 23 minutos do primeiro tempo, Arboleda teve um gol anulado por impedimento.

Criticado pela falta de efetividade do time, Cuca mudou a escalação para o clássico e usou o meia Vitor Bueno como titular. Mesmo assim, a equipe tricolor careceu de criatividade no ataque.

Uma grande expectativa rondava a estreia de Alexandre Pato no estádio corintiano. O ex-corintiano chegou ao clube em 2013, antes da inauguração do Itaquerão, e foi para o São Paulo por empréstimo em 2014. Na época, uma cláusula contratual o impedia de jogar o clássico.

Neste domingo, contudo, o camisa 7 são-paulino teve uma atuação discreta.

Já no final da segunda etapa, Hernanes recebeu cartão vermelho, mas o árbitro alterou a punição para amarelo após rever o lance no VAR.

Com a vitória, o Corinthians chegou a 11 pontos e ultrapassou o São Paulo na tabela, subindo cinco posições para ser agora terceiro colocado.

Na próxima quinta (30), o Corinthians visita o Deportivo Lara (VEN) no jogo de volta da Sul-Americana com a vantagem de 2 a 0. Pelo Brasileiro, o próximo confronto é contra o Cruzeiro no sábado (8) —ele enfrentaria o Goiás antes, mas o jogo foi adiado.

Já o São Paulo, quarto colocado com 11 pontos, enfrenta o Bahia pela Copa do Brasil na quarta-feira (29) para tentar reverter a derrota de 1 a 0 sofrida na ida, no Morumbi.

Já são três jogos sem vencer para o time de Cuca, que volta a campo pelo Brasileiro no próximo domingo (2) contra o Cruzeiro, no Pacaembu.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.