Santos pode ter retorno de Derlis contra o CSA

Sampaoli esconde escalação para terceiro duelo do Brasileiro

São Paulo

Expulso após o fim da partida na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, em Porto Alegre, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, o atacante Derlis González pode retornar à equipe titular do Santos neste domingo (5), às 16h, quando a equipe alvinegra enfrenta o CSA, em Maceió.

Até sexta (3), o técnico Jorge Sampaoli não havia revelado sua escalação. Além do paraguaio, os atacantes Eduardo Sasha —autor de dois gols no Nacional— e Rodrygo disputam posição no setor.

Derlis Gonzales em treino do Santos
Derlis Gonzales em treino do Santos - Ivan Storti-10.abr.19/Santos FC

Também na sexta, o Santos pôde comemorar não o retorno, mas a extensão de contrato de um importante nome do elenco até aqui, o volante Diego Pituca, titular nas duas partidas do Brasileiro até agora e que já atuou 23 vezes sob o comando de Sampaoli.

A negociação durou meses, e inclusive precisou de participação direta do jogador, que chegou a citar que havia "uma briga chata" entre seu empresário Adalberto Almeida, e o presidente do clube, José Carlos Peres. Em entrevista coletiva nesta sexta, Pituca comemorou ter tirado um "peso das costas" e agradeceu ao técnico do time.

"Quando ele chegou, a gente teve uma conversa sobre a renovação. Ele falou que ia me apoiar, ia me ajudar. Acho que ele ajudou um pouco, fico feliz por isso", disse.

O antigo contrato do volante vencia apenas em 2021, mas o receio de perdê-lo precocemente para outro clube fez com que a diretoria se movimentasse para não só selar um acordo mais longo, mas também com uma multa mais alta.

O Santos não revelou valores, mas afirmou que o novo acordo com o jogador vai até 2023.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.