Caxumba tira Richarlison de jogo da seleção contra o Paraguai

Recomendação é de repouso absoluto e isolamento dos companheiros

Marcos Guedes
Porto Alegre

O técnico Tite terá uma opção a menos no banco de reservas na partida do Brasil contra o Paraguai, na noite desta quinta-feira (27), pelas quartas de final da Copa América. Com caxumba, o atacante Richarlison foi tirado da lista de jogadores disponíveis para o confronto na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

De acordo com a CBF, o atleta foi diagnosticado com a doença infecciosa e recebeu dos médicos da seleção recomendação de repouso absoluto.

Richarlison em treino da seleção brasileira em Porto Alegre
Richarlison em treino da seleção brasileira em Porto Alegre - Diego Vara/Reuters

Ele foi medicado e isolado em um quarto do hotel onde está hospedada a delegação verde-amarela desde a noite do último domingo (23). Por precaução, os demais atletas serão vacinados após o duelo com o Paraguai.

Richarlison, 22, tem sido figura constante no time nacional em todo o período subsequente à última Copa do Mundo. O capixaba atuou em todas as dez partidas da equipe entre o Mundial da Rússia e a Copa América e começou a competição continental como titular.

Escalado contra Bolívia e Venezuela, ele acabou sendo substituído no segundo jogo por Gabriel Jesus, que deixou o técnico satisfeito. Assim, passou a ser reserva no embate com o Peru, o primeiro em que não atuou desde que chegou à seleção. Agora, por questões médicas, vai perder mais um jogo.

Também estão fora da partida contra os paraguaios o volante titular Casemiro, suspenso, e o reserva Fernandinho, que seria seu substituto se tivesse se recuperado bem de uma lesão no joelho direito. A vaga na cabeça da área ficará com Allan.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.