Em treino com festa para Taffarel, Tite escala Neres na vaga de Neymar

Torcida grita nome do ex-goleiro do Inter em atividade aberta ao público no Beira-Rio

Porto Alegre

Na véspera de seu último amistoso preparatório para a Copa América, a seleção brasileira realizou neste sábado (8) um treino aberto ao público no estádio Beira-Rio, palco do duelo com Honduras, no domingo (9). Sem Neymar, cortado após uma lesão no tornozelo, os mais festejados foram dois ex-goleiros do Internacional.

Um deles é o atual titular do Brasil, Alisson, que deixou o clube colorado em 2016 e hoje defende o Liverpool. O outro é seu preparador, Taffarel, arqueiro do time vermelho entre 1985 e 1990, que foi aclamado por parte dos cerca de 4.594 presentes com o canto: “El, el, el, sai que é sua, Taffarel”.

O goleiro Alisson, que deixou o Internacional em 2016, em treino da seleção em Porto Alegre
O goleiro Alisson, que deixou o Internacional em 2016, em treino da seleção em Porto Alegre - Lucas Figueiredo/CBF/Divulgação

Gaúcho como Alisson e Taffarel, Tite também teve o nome gritado e deu atenção a alguns torcedores, entregando sua blusa a um deles, que chorava em uma cadeira de rodas. Na sequência, armou o time que atuará no embate com Honduras, colocando David Neres na vaga de Neymar.

A escalação no amistoso, não havendo surpresas, será a seguinte: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Richarlison, Gabriel Jesus e David Neres.

Jesus chegou a se revezar com Firmino durante a movimentação, mas Tite avisou que, mesmo com Firmino à frente na disputa neste momento, ele ficará no banco, pois acaba de chegar da Europa e há um temor de lesão. Com isso, Jesus, que marcou contra o Qatar, será novamente utilizado desde o apito inicial.

Já a defesa teve uma mudança em relação à vitória por 2 a 0 sobre o Qatar, na última quarta, colocando Thiago Silva na vaga de Miranda. E o posto de Neymar, que tinha ficado com Everton após a contusão do titular no último jogo, passou a ser ocupado por David Neres, que marcou o único gol do coletivo em campo reduzido.

O atleta do Ajax foi mesmo escalado do lado esquerdo do ataque, onde atuava Neymar, não na ponta direita, onde vinha treinando. A direita continua sob domínio de Richarlison, que foi bem contra o Qatar, marcando o primeiro gol e dando o passe para segundo, de Gabriel Jesus.

Já no fim do treino, a torcida celebrou e xingou o mascote Canarinho Pistola, que empunhou camisas do Grêmio e do Internacional. O público ainda se divertiu com batidas de falta e de pênalti, demonstrando particular alegria quando Alisson levava vantagem sobre o atacante. Ao final da atividade, os atletas foram perto da arquibancada fazer seu agradecimento.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.