Descrição de chapéu Seleção Brasileira

'Pelo que vi até agora, Neymar é inocente', diz Bolsonaro

Presidente está na Argentina, onde se encontrou com Mauricio Macri

Buenos Aires

O presidente Jair Bolsonaro voltou a se posicionar sobre o caso Neymar (entenda aqui). Em visita a Buenos Aires para se encontrar com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (6) que o jogador é inocente na acusação de estupro contra ele.

"Pelo que vi até agora, o Neymar é inocente, se você ver o contexto ali, o que ela fez atravessando o Atlântico, ela falou na entrevista com o Cabrini [no SBT] que ela foi lá fazer amor com ele", afirmou o presidente, em Buenos Aires, sobre a entrevista que Najila Trindade Mendes de Souza concedeu ao SBT.

Jair Bolsonaro se encontrou com o presidente argentino Mauricio Macri, em Buenos Aires
Jair Bolsonaro se encontrou com o presidente argentino Mauricio Macri, em Buenos Aires - Juan Mabromata/AFP

Neymar foi acusado por Najila Trindade de estupro e agressão. Ela registrou boletim de ocorrência contra o jogador no dia 31 de maio. O caso foi divulgado no sábado (1º). 

Após o amistoso da seleção brasileira contra o Qatar, em Brasília, Jair Bolsonaro foi à clínica onde o camisa 10 fez exames, que detectaram uma ruptura ligamentar no tornozelo direito.

Presente no estádio Mané Garrincha para a partida, Bolsonaro fez foto com o atleta e postou em seu perfil no Twitter.

Na madrugada desta quinta-feira, o atacante foi cortado elenco que disputará a Copa América, com início marcado para o próximo dia 14.

"É um jovem garoto, jovem, tenho filhos mais novos e mais velhos do que ele, gostam do pai dele. Fui bater um papo, dar um apoio moral para ele", disse Bolsonaro a respeito do encontro na clínica.

"Ele foi cortado porque não tem condições de se recuperar até lá. Todo mundo quer ver o Neymar jogar, é uma pena", completou.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.