Descrição de chapéu Seleção Brasileira

CBF anuncia saída de Vadão da seleção feminina

Treinador deixa equipe após eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo

São Paulo

​Oswaldo Alvarez, 62, deixou o comando da seleção brasileira feminina de futebol. A CBF anunciou na tarde desta segunda-feira (22) o fim da segunda passagem do treinador pela equipe verde-amarela, eliminada nas oitavas de final da última Copa do Mundo.

Vadão estava à frente do time havia um ano e dez meses. No período, conquistou a Copa América de 2018 e acumulou nove derrotas seguidas antes do Mundial que geraram muitas críticas. Na competição, a formação verde-amarela caiu na prorrogação do duelo com a anfitriã França, provocando nova onda de questionamentos.

Ele já havia dirigido a seleção feminina entre 2014 e 2016. Na primeira passagem, ele também conseguiu o título da Copa América (2014) e obteve a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos (2015). Na Olimpíada do Rio de Janeiro (2016), levou a equipe ao quarto lugar.

O técnico Oswaldo Alvarez está fora da seleção brasileira feminina - Mauro Pimentel - 16.mai.19/AFP

A CBF informou que “está trabalhando para a definição do próximo nome a dirigir a seleção feminina principal no prazo mais curto possível”. É provável que uma mulher assuma o comando, e um dos nomes cotados é o da sueca Pia Sundhage, 59, bicampeã olímpica com os Estados Unidos.

Coordenador do futebol feminino na CBF, Marco Aurélio Cunha permanece na entidade. Ainda não está claro, no entanto, se ele continuará exercendo a mesma função. É possível que ele seja remanejado pelo presidente Rogério Caboclo.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.