Descrição de chapéu Seleção Brasileira

Juninho Paulista substitui Edu Gaspar na coordenação da seleção

Anuncio foi feito um dia após o título da Copa América

São Paulo

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, no início da nesta segunda-feira (8), que Juninho Paulista será o novo coordenador da seleção brasileira. Ele assume o cargo com a saída de Edu Gaspar, que vai trabalhar no inglês Arsenal.

Juninho já estava na CBF, como diretor de desenvolvimento do futebol. Antes, o ex-jogador foi presidente do Ituano por 10 anos. Ele deixou o clube em abril deste ano para assumir seu cargo na Confederação.

Formado nas categorias de base da equipe do Ituano, ele atuou por São Paulo, Palmeiras, Flamengo e Vasco, além de times da Europa como Alético de Madri. Também foi campeão do Mundo em 2002 com o Brasil. 

Já Edu Gaspar, que chegou à seleção com o técnico Tite em junho de 2016, teve sua saída confirmada pela CBF. Ele vai assumir um cargo na diretoria do Arsenal. A CBF abriu mão da multa rescisória de R$ 8 milhões.

​A dupla Edu e Tite já havia trabalhado junta no Corinthians, onde foi campeã da Libertadores e do Mundial de Clubes, em 2012, e do Campeonato Brasileiro de 2015.

Edu é o terceiro ligado a Tite que deixou o cargo recentemente. Antes, saíram o analista de desempenho Fernando Lázaro e o auxiliar Sylvinho, que vai treinar o francês Lyon

Da esquerda para a direita: Edu Gaspar, Rogério Caboclo e Juninho Paulista com placa da Copa América de 2019
Da esquerda para a direita: Edu Gaspar, Rogério Caboclo e Juninho Paulista com placa da Copa América de 2019 - Lucas Figueiredo/Divulgação CBF

Os anúncios oficiais, como já era esperado, acontecem após o fim da Copa América disputada no Brasil e que rendeu a Tite seu primeiro título com a seleção. Também foi o primeiro torneio de Rogério Caboclo oficialmente como presidente da CBF.

Ele foi eleito em abril de 2018, mas só tomou posse um ano depois. Na Copa América, ele aproveitou para estreitar laços nos bastidores do governo Bolsonaro e com cartolas do mundo do futebol.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.