Nicholas leva bronze nos 50 m borboleta no Mundial de natação

Atleta de 39 é o nadador mais velho do campeonato disputado em Gwangju

São Paulo

O nadador brasileiro Nicholas Santos, de 39 anos, conquistou a medalha de bronze nos 50 m borboleta nesta segunda-feira (22) no Mundial de Esportes Aquáticos disputado em Gwangju, na Coreia do Sul.

O atleta —o mais velho nesta edição do torneio— terminou a prova com 22s79. O ouro ficou com Caleb Dressel, dos Estados Unidos (22s35) e a prata com o russo Oleg Kostin (22s70).​

À direita, o brasileiro Nicholas Santos, que conquistou o bronze nos 50 m borboleta. A seu lado, o norte-americano Caeleb Dressel, que conquistou o ouro. À esquerda, Oleg Kostin, da Rússia, que ficou com a prata.
À direita, o brasileiro Nicholas Santos, que conquistou o bronze nos 50 m borboleta. A seu lado, o norte-americano Caeleb Dressel, que conquistou o ouro. À esquerda, Oleg Kostin, da Rússia, que ficou com a prata. - Manan Vatsyayana - 22.jul.2019/AFP

Nicholas chegou à final como um dos favoritos após fazer o segundo melhor tempo na semifinal (22s77). Na primeira eliminatória ele fez 23s48 (11º tempo).

A categoria em que o brasileiro conquistou a terceira colocação não é realizada nos Jogos Olímpicos— quando há somente provas de 100 m e 200 m borboleta.

Essa foi a primeira medalha do Brasil nas piscinas neste Mundial de Esportes Aquáticos. Na maratona aquática, o país conquistou duas medalhas de ouro com Ana Marcela Cunha nas provas dos 5 km e dos 25 km. Ela é a maior medalhista em mundiais na história das provas em águas abertas

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.