Morre Antônio Soares Calçada, presidente mais vitorioso do Vasco

Ex-dirigente estava internado para tratar de uma infecção abdominal

São Paulo | UOL

Antônio Soares Calçada, presidente que conquistou os principais títulos da história do Vasco, morreu aos 96 anos nesta segunda-feira (5), no Rio de Janeiro, em decorrência de uma infecção abdominal. Ele estava internado desde julho para tratar o problema.

Presidente de honra do Cruzmaltino, Calçada exerceu o cargo máximo do clube de 1983 a 2000, tendo sido tricampeão brasileiro (1989, 1997 e 2000), campeão da Copa Libertadores (1998), campeão da Copa Mercosul (2000), do Rio-São Paulo (1999), hexacampeão carioca, além de outros títulos.

Antônio Soares Calçada, ex-diregente do Vasco
Antônio Soares Calçada, ex-diregente do Vasco - Paulo Giandalia - 19-nov.2010/Folhapress

Na maior parte deste período, teve como braço-direito e vice-presidente de futebol Eurico Miranda, que morreu em março de 2019 por conta de um câncer no cérebro.

Sua última participação na política vascaína foi quando declarou apoio ao candidato Julio Brant na eleição de 2017. Na ocasião, foi nomeado como vice-presidente geral caso a chapa se tornasse vencedora no pleito.

Atual presidente do Vasco, Alexandre Campello lamentou a morte do ex-dirigente. "Sua dedicação ao Clube, espírito agregador e as conquistas da sua gestão servem de inspiração para todos os vascaínos. Hoje, o sentimento é de muita tristeza, mas também de imensa gratidão!", escreveu Campello em suas redes sociais.

Por meio de uma nota oficial, o Vasco também se posicionou e lembrou a trajetória de Calçada.

"Nascido em Portugal no dia 16 de abril de 1923, Calçada chegou ao Brasil em 1935 e em 1942 ingressou no quadro social do Clube. Foi eleito Conselheiro em 1948 e, já em 1950, assumiu seu primeiro cargo dentro do Vasco: Diretor de Tênis de Mesa. Quatro anos depois, passou a ocupar a Vice-Presidência de Futebol, percorrendo tal cargo nas gestões de José da Silva Rocha, Manoel Joaquim Lopes e Alberto Pires Ribeiro. Antônio Soares Calçada assumiu a Presidência Administrativa em 1983. Ele foi o presidente que ficou por mais tempo no cargo: 18 anos", diz o texto.

O presidente do Conselho de Beneméritos, Silvio Godói, também emitiu uma nota oficial lamentando a morte de Antônio Soares Calçada. "Homem de bem, Calçada serviu o Vasco com dedicação e amor durante a sua missão nesta vida. Aos familiares, desejamos condolências e compreensão nesse momento de perda. Obrigado por todos os títulos e pelas diversas lutas pelo nosso clube. Descanse em paz, eterno presidente".

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.