Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro

Com bola no pé, Palmeiras de Mano busca sexta vitória consecutiva

Sob nova direção, time paulistano completa 67% mais passes do que trocava antes

Marcos Guedes
São Paulo

Com cinco vitórias em cinco partidas sob comando de Mano Menezes, o Palmeiras buscará a sexta a partir das 16h (de Brasília) deste domingo (29). Em um confronto duro como promete ser a visita ao Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, será um desafio manter o que tem sido um padrão de toque de bola e domínio da posse.

Desde a chegada do comandante, a equipe acerta, em média, 436,2 passes por jogo. Na comparação com as 16 rodadas do Campeonato Brasileiro nas quais Luiz Felipe Scolari era o treinador, há uma diferença brutal nessa estatística. A média anterior era de 261, o que significa que houve um aumento de 67,1%.

O levantamento, com base em números do Footstats, mostra que o Palmeiras de Mano tem preferido jogar com a bola no pé. O time teve mais posse do que o adversário em quatro dos cinco jogos. O único duelo em que o rival ficou mais com a bola foi com o Fluminense, que lidera o quesito e se viu obrigado a correr atrás no placar: perdeu por 3 a 0.

"Embora o pessoal me ache mais do mesmo, de um modo geral, uma análise um pouco mais profunda de futebol é capaz de estabelecer uma diferença na maneira de as minhas equipes jogarem em relação ao que estava sendo executado", disse o atual treinador, justamente após o triunfo sobre o Fluminense.

"Todas as maneiras são boas, quando são bem executadas, e eu respeito todas. Mas meu time joga com um pouco mais de aproximação e posse de bola. Gosto que a equipe faça isso. E trabalhamos para isso", acrescentou.

Na vitória por 6 a 2 sobre o CSA, na última quinta-feira, houve vários momentos em que Mano repreendeu seus jogadores por buscar lançamentos mais longos com toques curtos à disposição. Mesmo abrindo vantagem rapidamente, o Palmeiras preferiu manter a bola a recuar as linhas de marcação à espera dos contragolpes, como provavelmente teria feito há alguns meses. Terminou o jogo com 598 passes completos e 65,9% da posse.

O treinador chegou após as eliminações na Copa do Brasil e na Copa Libertadores, mas os triunfos sob sua direção tornaram a luta pelo título do Brasileiro uma realidade novamente. A equipe começou a rodada a três pontos do líder Flamengo e vai dar sequência à perseguição em Porto Alegre, tentando repetir o tipo de jogo que vem apresentando.

"A gente está mostrando nossa identidade. Não é questão de jogar bonito, mas precisamos mostrar que a gente trabalha no dia a dia, buscando a vitória sempre", disse o centroavante Luiz Adriano. "Pontuar é o importante. Não adianta jogar bonito e perder."

INTERNACIONAL x PALMEIRAS
Às 16h, no Beira Rio
Na TV: Globo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.