Leclerc segura Mercedes, vence e quebra tabu da Ferrari em Monza

Disputa foi acirrada entre o vencedor da prova e Hamilton, líder da temporada

São Paulo | UOL

Charles Leclerc segurou a pressão dos carros da Mercedes e venceu neste domingo (8) o GP da Itália de Fórmula 1, garantindo o primeiro triunfo da Ferrari em Monza desde 2010. O último piloto da escuderia da casa a vencer no local pela categoria havia sido Fernando Alonso, que não está mais na F-1.

Largando na pole, Leclerc segurou principalmente as investidas de Hamilton, o líder da temporada. Em duas oportunidades o britânico atacou o piloto da Ferrari, mas não conseguiu a ultrapassagem.

Charles Leclerc quebrou o jejum da Ferrari, que não vencia em Monza desde 2010
Charles Leclerc quebrou o jejum da Ferrari, que não vencia em Monza desde 2010 - Andrej Isakovic/AFP

Hamilton, porém, também errou, passando reto em uma área de escape, perdendo a segunda posição para Valtteri Bottas. O britânico terminou em terceiro.

A corrida deste domingo ficou marcada por disputa intensa entre Leclerc e Hamilton. O piloto da Ferrari defendeu, por dois momentos, com agressividade as investidas do adversário. Em uma delas, recebeu advertência. Em outra, acabou escapando da pista, mas segurou a posição.

O começo da corrida foi marcado por um incidente com Sebastian Vettel, na sétima volta. O piloto da Ferrari rodou durante e uma curva e voltou de forma perigosa para a pista.

Ele acabou tocando no canadense Lance Stroll, que também rodou na sequência e repetiu Vettel na imprudência ao retornar, atrapalhando Gasly. O carro do alemão teve a asa dianteira danificada, o que forçou uma parada nos boxes que prejudicou sua corrida.

O incidente ainda causou uma observação curiosa do narrador da Rede Globo, Galvão Bueno, dizendo que a cabeça de Vettel deveria estar um pastel.

A próxima parada da F-1 será em Singapura, com a corrida prevista para as 9h10 (Brasília) do próximo dia 22.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.