Maradona é recebido com festa e trono pelo Newell's, na Argentina

Ídolo do clube de Rosário, ele atualmente comanda o Gimnasia

São Paulo

Técnico do Gimnasia e ídolo do Newell's Old Boys, pelo qual atuou na década de 1990, Diego Maradona, 59, foi recebido com várias homenagens pela torcida de sua ex-equipe durante uma partida entre os dois times pelo Campeonato Argentino, nesta terça (29).

Além da euforia nas arquibancadas, com saudações a Maradona, o craque teve à sua disposição um trono à beira do gramado, de onde ele só se levantava para passar instruções à sua equipe. Com bola rolando, o  Gimnasia do comandante Maradona ganhou a partida por 4 a 0 —Leandro Contín, Maximilliano Caire, Tijanovich e Ariel Matías Garcia fizeram os gols da partida.

Maradona, técnico do Gimnasia, senta em um trono durante partida contra o Newll's
Maradona, técnico do Gimnasia, senta em um trono durante partida contra o Newll's - Juan José García / Clarin

As homenagens ao ídolo começaram na chegada do ex-jogador ao estádio no ônibus de sua equipe. A diretoria do Newell's também presenteou Maradona com uma camisa emoldurada.

A passagem dele pelo time argentino foi curta, durou apenas uma temporada, marcada por algumas lesões, mas isso não o impediu de virar herói.

Agora treinador, o maior ídolo da história do futebol do país, campeão mundial em 1986 e vice em 1990, estava afastado do futebol desde junho, quando deixou o Dorados, da segunda divisão mexicana, até acertar com o Gimnasia. Ele chegou ao clube com a promessa de que o faria chegar à elite, mas não obteve sucesso.

A última vez que o ex-camisa 10 treinou na Argentina ocorreu entre 2008 e 2010. Ele era treinador da seleção nacional e caiu após a eliminação nas quartas de final do Mundial da África do Sul. Foi seu trabalho mais significativo. Também comandou Mandiyú (1994), da quarta divisão, Racing (1995),  Al-Wasl (2011-2012),  Al-Fujairah (2017-2018) e Dorados (2018-2019).

Com o resultado desta terça-feira (29), o time de Maradona chegou aos sete pontos, na penúltima colocação. Os donos da casa ficaram estacionados nos 18, na sétima posição.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.