Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro

Ex-técnico da seleção chilena, Sampaoli elogia protestos no país

Técnico do Santos foi campeão da Copa América com a seleção chilena em 2015

São Paulo

Ex-treinador da seleção do Chile, o argentino Jorge Sampaoli, comandante do Santos, se manifestou a respeito da onda de protestos que atingiu o país nos últimos dias.

"Valorizo muito a reação do povo chileno depois de tanto tempo de opressão. É um exemplo para todos na América do Sul. Lutar contra o neoliberalismo, que deixa o povo cada vez mais pobre", afirmou o técnico após o empate sem gols com o Corinthians, neste sábado (27), pelo Campeonato Brasileiro.

"Estou orgulhoso do povo que vivi ao lado por tanto tempo. Espero que seja um passo adiante para terminar com a opressão com esse povo", completou o treinador.

Jorge Sampaoli durante o clássico contra o Corinthians, neste sábado (26), em Itaquera
Jorge Sampaoli durante o clássico contra o Corinthians, neste sábado (26), em Itaquera - Rahel Patrasso/Reuters

Sampaoli teve um trabalho de sucesso à frente do Chile, levando a seleção à conquista da Copa América de 2015, disputada no país, o primeiro título continental da história da equipe nacional chilena.

Além da experiência vitoriosa com a seleção, o argentino também conquistou títulos com a Universidad de Chile (CHI). No clube, foram três taças do campeonato local, além de uma Copa Sul-Americana, em 2011.

A fala de Jorge Sampaoli se junta à de outras figuras importantes do futebol chileno, que também se colocaram ao lado do povo nas manifestações que tomaram conta do Chile após o anúncio do aumento da passagem do metrô em Santiago.

O goleiro Claudio Bravo e o zagueiro Gary Medel, ídolos da seleção chilena, também se pronunciaram em defesa dos manifestantes e criticaram o governo do presidente Sebastián Piñera.

Até mesmo as torcidas organizadas de Colo-Colo e Universidad de Chile, duelo de maior rivalidade no país e com vasto histórico de violência entre os grupos, se juntaram nas manifestações pelas ruas de Santiago.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.