Após goleada, Fábio Carille não é mais técnico do Corinthians

Andrés Sanchez anunciou que fará 'mudanças drásticas' no clube

São Paulo

Fábio Carille não resistiu à goleada contra sofrida para o Flamengo e não é mais o técnico do Corinthians. O anúncio foi feito pelo presidente do clube, Andrés Sanchez, que disse ainda que mais pessoas deixarão o clube.

"Vamos atrás de um treinador, mas não dá para chegar essa semana. Vamos atrás, mas vai sair bastante gente", disse após a derrota por 4 a 1 no Maracanã. Foi a primeira vez que Carille, em jogos oficiais pelo Corinthians, sofreu tantos gols.

Carille durante jogo contra o Grêmio
Carille durante jogo contra o Grêmio - Diego Vara - 5.out.2019/Reuters

Ainda segundo o presidente, as novidades serão reveladas em breve. Ele disse também que a demissão não foi influenciada pelos protestos da torcida, que foi a centro de treinamento com faixas contra a diretoria e contra os jogadores do time, mas sim pelo mau desempenho em campo.

"Vai ficar pouca gente. Nome não vou falar para especular. Vai sair três ou quatro nomes amanhã. Para amanhã vai ser difícil, mas vamos tentar. Vai ter mudanças drásticas", finalizou.

O próximo jogo do Corinthians é na quarta-feira (6), contra o Fortaleza. O presidente disse que o comandante da equipe neste confronto ainda será definido.

Em sua segunda passagem pelo clube do Parque São Jorge, Carille conquistou o Campeonato Paulista de 2019, mas não repetiu o sucesso da primeira vez que treinou o time, quando conquistou duas vezes o estadual (2017 e 2018) e também o Campeonato Brasileiro de 2017.

Neste Brasileiro, o Corinthians ocupa atualmente a sétima posição, com 45 pontos e 50% de aproveitamento. A defesa, ponto forte do treinador, sofreu 26 gols em 30 partidas, e o ataque marcou só 32 vezes.

Muito pesou para sua demissão o péssimo retrospecto recente da equipe, que já chegou a brigar na ponta da tabela.

O Corinthians não vence há oito jogos, tendo quatro derrotas neste intervalo. O último triunfo foi contra a Chapecoense, por 1 a 0, no início de outubro.

Carille retornou ao clube em janeiro deste ano, após passar alguns meses na Arábia Saudita. Na Copa Sul-Americana, sua equipe caiu na semifinal da Copa Sul-Americana para o Independiente ​del Valle e nas oitavas de final da Copa do Brasil, para o Flamengo.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.