Descrição de chapéu Velocidade

Hamilton pode ser hexacampeão sem pontuar no GP dos EUA

Piloto inglês larga em 5º e fica com título se Bottas não vencer

Luciano Trindade
São Paulo

Lewis Hamilton, 34, tem 247 corridas disputadas na F-1. Em 60% delas, chegou entre os três primeiros colocados. Venceu 83 vezes.

Neste domingo (3), no GP do EUA, às 16h10 (de Brasília), o inglês nem precisará se esforçar tanto para alcançar o hexacampeonato mundial.

Depois da vitória no México, há uma semana, a fórmula para o piloto da Mercedes ficou simples. Caso seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas, fique com a vitória em Austin, nos Estados Unidos, o britânico precisará terminar a prova, no máximo, em 8º. Se Bottas não cruzar a linha de chegada em 1º, Hamilton nem mesmo terá de pontuar para ser campeão.

Hamilton celebra a vitória no GP do México, que o deixou perto do sexto título na F-1
Hamilton celebra a vitória no GP do México, que o deixou perto do sexto título na F-1 - Pedro Pardo-27.out.19/AFP

Após o treino de qualificação deste sábado (2), ficou definido que o inglês vai largar em 5º. Bottas ficou com a pole.

Hamilton é o recordista de poles da F-1, com 87 até este fim de semana. O segundo desse ranking é o ex-piloto Michael Schumacher, com 68.

Somente uma vez nesta temporada o inglês terminou um GP abaixo dos oito primeiros colocados. Foi na Alemanha, no dia 28 de julho, em uma rara corrida tumultuada por causa de forte chuva, que provocou vários pit stops não previstos, além de quatro entradas do safety car.

Hamilton, que havia largado na pole, caminhava para mais uma vitória, quando bateu e danificou a asa dianteira. Além disso, ele ainda teve de pagar uma punição por cortar a entrada nos boxes, rodou sozinho na pista pouco depois, chegou a cair para a última posição e por fim terminou em 11º lugar.

Depois da prova, os pilotos da equipe Alfa Romeo foram punidos por irregularidades em seus carros, e Hamilton herdou a nona posição, somando dois pontos. “Foi o pior GP em muito tempo”, admitiu.

Para a sorte dele, Bottas também teve problemas e não completou aquela prova, assim ele manteve folgada sua vantagem na liderança do campeonato. O holandês Max Verstappen venceu o GP da Alemanha.

Hamilton chega à etapa dos EUA como o único piloto que completou todas as 1.080 voltas dos 18 GPs disputados até agora nesta temporada.

Incluindo o GP da Alemanha, ele não subiu ao pódio somente em 3 das 18 etapas. Nas demais, acumulou dez vitórias, três segundos lugares e dois terceiros.

O piloto só não lidera o campeonato de ponta a ponta porque Bottas venceu logo na abertura da temporada, no GP da Austrália, quando o inglês terminou em segundo. Na etapa seguinte, os dois inverteram posições no GP do Bahrein e empataram na classificação. A partir da terceira prova, Hamilton assumiu e não mais perdeu a liderança.

Com esse desempenho, ele chega ao GP dos EUA muito próximo de se tornar o segundo piloto na história da F-1 a alcançar seis títulos, deixando para trás o argentino Juan Manuel Fangio (1911-1995), dono de cinco, e ficando atrás somente de Schumacher, o recordista, com sete.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.