Descrição de chapéu GP Brasil 2019 Velocidade

Notificado pelo Procon, GP Brasil autoriza entrada com alimentos

Organização diz que seguirá regras da Polícia Militar e da vigilância sanitária

São Paulo

Após notificação do Procon nesta quarta-feira (13), a organização do GP Brasil informou que cada fã poderá entrar no Autódromo de Interlagos com apenas três itens alimentares. A prova será realizada neste domingo (17), com a largada às 14h10.

Conforme descrito no portal do GP Brasil, estava proibido a entrada de qualquer alimento e bebida e inclusive para o consumo próprio.

O Procon, no entanto, entendeu que o veto fere o Código de Defesa do Consumidor.

As arquibancadas e a reta principal do circuito de Interlagos
As arquibancadas e a reta principal do circuito de Interlagos - Eduardo Anizelli - 5.nov.2019/Folhapress

O GP Brasil conta com o patrocínio da cervejaria holandesa Heineken, que inclusive detém os naming rights da prova.

No GP, a lata de já cerveja Heineken, com 350ml, custa R$ 12, o refrigerante sai por R$ 8, e a garrafa de água, de 310ml, R$ 6. Entre os alimentos, o mais caro é o combo com 5 espetos no valor de R$ 60, enquanto o unitário seja de carne bovina, frango ou linguiça custa R$ 13.

Também estarão sendo vendidos batata no cone (R$ 16 e com cheddar e bacon, R$ 20), pipoca (R$ 10 e o balde com pipoca, R$ 28), tirinhas de frango (R$ 20), sanduíches (R$ 13 a R$ 22), pastel (R$ 13) e sorvetes (R$ 10 a R$ 15).

“A recomendação é que somente sejam proibidos alimentos cujas embalagens impliquem em risco à segurança do consumidor. Não permitir que as pessoas consumam alimentos comprados fora do evento sem justificativa compatível com o resguardo da segurança e saúde dos consumidores pode configurar prática abusiva”, diz comunicado da assessoria de imprensa do Procon.

Em resposta, a Interpub, que organiza a prova em Interlagos, diz que irá seguir todas orientações da Polícia Militar e vigilância sanitária.

“Não será permitido o acesso com alimentos que representem intuito de comercialização ou que possam representar riscos à segurança. Será considerado um limite de até 03 (três) itens por pessoa, desde que devidamente lacrados, como: alimentos industrializados (exemplos: biscoitos, torradas, barras de cereal, etc) e frutas cortadas e acondicionadas em embalagem transparente e não rígida, do tipo 'Zip Lock'. Qualquer quantidade que exceder este limite poderá ser descartada na entrada do evento”, diz a nota.

Nesta sexta, à partir das 11 horas, acontece os treinos livres e o classificatório será no sábado às 15 horas. Há estimativa é de público é de 50 mil pessoas em Interlagos.

Veja como chegar ao autódromo do GP Brasil 2019.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.