Derrota para Fla derruba Mano Menezes e Alexandre Mattos no Palmeiras

Antes, Felipão também caiu após perder para o time rubro-negro

São Paulo

O Flamengo derrubou o segundo técnico do Palmeiras na temporada. Desta vez, Mano Menezes não aguentou a pressão após a derrota por 3 a 1 para o time rubro-negro, neste domingo (1º), e não é mais o dono do cargo. Alexandre Mattos, diretor de futebol do clube desde 2015, também deixou o posto.

A narrativa é semelhante ao que aconteceu no primeiro turno, quando Luiz Felipe Scolari não resistiu ao revés por 3 a 0 sofrido no Maracanã.

Mattos, que foi alvo de protestos da torcida alviverde nos últimos dias, deixa o cargo tendo contratado um total de oito treinadores e mais de 60 jogadores. Foram três títulos neste tempo, os brasileiros de 2016 e 2018 e a Copa do Brasil de 2015.

"O ciclo hoje se encerra. O Palmeiras pensa agora num modelo diferente para o próximo ano, uma forma diferente de ver o futebol", disse o presidente Maurício Galiotte. O pronunciamento se deu cerca de duas horas após a partida, período em que nenhum representante do Palmeiras, seja jogador ou diretor, se pronunciou no estádio.

No geral, Mano acumulou 11 vitórias, 5 empates e 4 derrotas em 20 jogos à frente do clube. Três dos quatro resultados negativos vieram justamente nos últimos três jogos da equipe alviverde, que também está a cinco duelos sem triunfar.

Neste domingo, ele foi alvo de críticas dos torcedores durante a partida e a Polícia Militar chegou a intervir para conter alguns palmeirenses mais exaltados, posicionados atrás do banco de reservas do treinador.

O aproveitamento de Mano foi de 63,3%, semelhante ao de Felipão quando deixou o cargo (69,7% em 76 jogos).

​No Palmeiras, a pressão é grande também contra o presidente, Maurício Galiotte.

Mano Menezes durante treino do Palmeiras
Mano Menezes durante treino do Palmeiras - Divulgação/Ag. Palmeiras

A principal reclamação é de que a equipe alviverde poderia render mais, pelo investimento feito no elenco. Em comparação com o Flamengo, por exemplo, equipe que tem poderio financeiro semelhante, a diferença é grande.

Os novos jogadores trazidos pela equipe rubro-negra para a temporada jogaram o triplo e marcaram o quíntuplo de gols que os contratados pelo clube alviverde.

Além disso, o Flamengo foi campeão do Brasileiro e da Libertadores neste ano enquanto o Palmeiras, em que pese dois títulos do Nacional nas últimas quatro temporadas, não conseguiu bons resultados no torneio continental.

Mano foi contratado em setembro, para suceder o técnico então campeão nacional pela equipe alviverde.

Antes, ele estava no Cruzeiro, onde foi bicampeão da Copa do Brasil, mas não fazia uma boa temporada e brigava para contra o rebaixamento (situação que se mantém atualmente, já após uma rápida passagem de Abel Braga, demitido pelo clube

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.