São Paulo inaugura estátua 'Power Ranger' de 4 metros de Senna

Obra está exposta no Parque Ecológico do Tietê e sua visitação é gratuita

São Paulo

Uma estátua em homenagem ao piloto Ayrton Senna foi inaugurada nesta quarta-feira (18) no Parque Ecológico, na zona leste da cidade.

A obra, concebida pelo artista plástico Humberto de Oliveira e idealizada pela associação Eu Amo o Brasil, traz o piloto em um gesto pouco usual na carreira dele, com uma das mãos levantadas, e com o macacão sem os patrocínios ou marcas da F-1.

A concepção da estátua lembra um personagem da série de televisão infantojuvenil Power Rangers, criada pelo produtor de TV americano Haim Saban. Na atração, havia originalmente cinco personagens de super-heróis, cada um com uma cor específica, incluindo o vermelho, como o macacão de Senna da obra.

Estátua de Ayrton Senna inaugurada no Parque Ecológico do Tietê, com a presença da irmã do piloto, Viviane Senna, e do governador de São Paulo, João Dória
Estátua de Ayrton Senna inaugurada no Parque Ecológico do Tietê, com a presença da irmã do piloto, Viviane Senna, e do governador de São Paulo, João Dória - Danilo Verpa/Folhapress

O governador de São Paulo, João Doria, e a irmã do piloto, Viviane Senna, estiveram presentes no evento de lançamento da homenagem. "O mais importante é a lembrança deste grande herói brasileiro, do seu heroísmo, do seu patriotismo", disse Doria.

De acordo com o artista plástico, a estátua pesa cerca de 350 kg, tem 4 metros de altura e 1,2 metros de largura. A estrutura interna é feita de metal e as pernas são de gesso e estopa. A obra ficará no Parque Ecológico do Tietê, na altura do quilômetro 18 da Rodovia Ayrton Senna. A visitação é gratuita.

"Carrego a ideia do tributo há mais de dois anos, porque o Senna sempre mostrou seu amor à pátria brasileira para o mundo e foi uma referência para nós", explicou Nascimento.

Tricampeão mundial de F-1 (1988, 1990 e 1991), Senna correu na principal categoria do automobilismo mundial de 1984 a 1994, ano em que ele morreu durante a disputa do GP de San Marino, em Ímola, na Itália, após um acidente em que seu carro se chocou com um muro de concreto sem proteção de pneus.

Erramos: o texto foi alterado

Versão anterior deste texto dizia que Viviane Senna era mãe de Ayrton. O texto foi corrigido. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.