Sérvia de Djokovic vence Espanha de Nadal e conquista novo torneio

Tenista número 2 do mundo lidera país em simples e duplas na estreia da ATP Cup

São Paulo

A Sérvia, comandada pelo tenista número 2 do mundo, Novak Djokovic, conquistou a primeira edição da ATP Cup ao derrotar por 2 a 1 na final do torneio de seleções a Espanha de Rafael Nadal, líder do ranking, neste domingo (12), em Sydney (Austrália).

Os espanhóis são os atuais campeões da Copa Davis, competição que passou a adotar formato muito similar ao da ATP Cup e foi disputada em novembro. Eles chegaram a ficar à frente no placar com a vitória de Roberto Bautista Agut sobre Dusan Lajovic (7-5 e 6-1) no primeiro jogo de simples.

No duelo mais aguardado, porém, Djokovic teve grande atuação e deixou tudo igual no confronto, ao superar Nadal em dois sets (6-2 e 7-6). Ele não perde para o rival na quadra dura desde 2013.

Torcida vibra e tira fotos da equipe campeã, que posa na quadra com o troféu
Time sérvio, formado por Viktor Troicki, Nikola Milojevic, Dusan Lajovic, Novak Djokovic, Nikola Cacic e o capitão Nenad Zimonjic comemoram título - Edgard Su/Reuters

A decisão do título ficou para o duelo de duplas, em que Nadal, alegando cansaço, optou por não disputar. A Sérvia de Djokovic e Viktor Troicki levou a melhor sobre os espanhóis Carreño Busta e Feliciano López em dois sets (6-3 e 6-4).

Também neste domingo, Serena Williams, 38, conquistou seu primeiro título desde 2017, no torneio de Auckland. O último troféu levantado pela americana havia sido o do Australian Open daquele ano.

Serena Williams com sua filha, Alexis Olympia, após o título em Auckland
Serena Williams com sua filha, Alexis Olympia, após o título em Auckland - Michael Bradley/AFP

Depois disso, ela teve sua primeira filha, enfrentou complicações após o parto e passou mais de um ano afastada das quadras.

Desde o retorno, a vencedora de 23 títulos de Grand Slam já disputou quatro finais desses torneios, duas em Wimbledon e duas no US Open, mas acabou derrotada nas quatro oportunidades.

Serena anunciou que doará o total de suas premiações na Nova Zelândia (US$ 50 mil, o equivalente a R$ 205 mil) para as vítimas dos incêndios na Austrália. Jogando com a dinamarquesa Caroline Wozniacki, ela foi vice-campeã da chave de duplas.

Com agências de notícias

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.