Descrição de chapéu Futebol Internacional

Neymar leva amarelo por drible, se revolta e discute com arbitragem

De cabelo rosa, atacante participou de goleada do PSG sobre o Montpellier

S√£o Paulo

Neymar n√£o marcou, mas foi personagem da goleada de 5 a 0 do Paris Saint-Germain sobre o Montpellier, neste s√°bado (1¬ļ), no Parque dos Pr√≠ncipes, pelo Campeonato Franc√™s.

Aos 37 minutos do primeiro tempo, o atacante brasileiro, que estreou penteado rosa, tentou aplicar uma lambreta em Souquet, atleta advers√°rio. O √°rbitro da partida, Jerome Brisard, repreendeu o camisa 10 pela tentativa do lance pl√°stico. Neymar n√£o gostou, reclamou com o √°rbitro e tomou um cart√£o amarelo.

Neymar se revoltou com cartão amarelo após bronca do árbitro por tentativa de drible
Neymar se revoltou com cartão amarelo após bronca do árbitro por tentativa de drible - Gonzalo Fuentes/Reuters

Revoltado com a marca√ß√£o, ele entrou nos t√ļneis para o vesti√°rio do Parque dos Pr√≠ncipes e discutiu com o quarto √°rbitro.

"Jogar futebol é proibido nessa porra. Jogar futebol dá amarelo para mim agora. Jogo futebol, não falo porra nenhuma e eu tomo a porra de um amarelo", disse o jogador.

O árbitro auxiliar pediu, em inglês, para que o jogador "falasse francês", gerando ainda mais ira por parte do brasileiro.

"Speak french (fale franc√™s, em ingl√™s) √© o caralho, vai tomar no cu", respondeu Neymar.

Antes da vit√≥ria diante do Montpellier, Neymar fez uma homenagem a Kobe Bryant, ex-jogador de basquete morto no √ļltimo dia 26 em acidente de helic√≥ptero. No aquecimento, o atleta utilizou uma camiseta com o n√ļmero 24, que era utilizado por Bryant, e o nome do √≠dolo do Los Angeles Lakers.

Em campo, o PSG atropelou o Montpellier, com gols de Sarabia, Di Mar√≠a, Congr√© (contra), Mbapp√© e Kurzawa.

A equipe parisiense lidera o Campeonato Francês com 55 pontos, 13 a mais que o segundo colocado Olympique. O time de Marselha, porém, entra em campo neste domingo (2), contra o Bordeaux.

Tópicos relacionados

Coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.