Torcida do Botafogo lota aeroporto para receber japonês Honda

O meia, de 33 anos, assinou contrato com o time do Rio até dezembro

Rio de Janeiro | AFP

O japonês Keisuke Honda desembarcou nesta sexta-feira no Rio de Janeiro em meio a uma festa com a presença de uma multidão de torcedores do Botafogo, clube pelo qual o meia vai jogar nesta temporada.

Milhares de pessoas se aglomeraram no aeroporto internacional Tom Jobim (Galeão) para receber o jogador de 33 anos.

"Olê, olê, olê, olá... Honda, Honda!", gritavam os torcedores com bandeiras alvinegras e do Japão.

Honda respondeu à calorosa recepção com um aceno comedido e um sorriso aberto, exibindo para as câmeras uma bandeira de seu novo clube.

Sua apresentação oficial será neste sábado, no estádio olímpico Nilton Santos, o Engenhão. O astro do futebol japonês vestirá a camisa de número 4 do Botafogo. A expectativa de sua chegada fez com que as camisas com o nome do jogador se esgotassem na loja da sede do clube.

Honda tinha passe livre desde sua saída no final de dezembro do Vitesse Arnhem, da Holanda, apenas dois meses depois de sua contratação, e onde jogou apenas quatro partidas.

Meia japonês Honda é recebido por torcedores do Botafogo no Aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro
Meia japonês Honda é recebido por torcedores do Botafogo no Aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro - Pilar Olivares/Reuters

O ex-jogador do Milan e do CSKA de Moscou se destacou principalmente na seleção japonesa. Em 2018, foi o primeiro asiático a marcar um gol em três Copas do Mundo.

Honda não é o primeiro estrangeiro, de fora da América Latina, a ser contratado pelo Botafogo. O holandês Clarence Seedorf vestiu a camisa alvinegra em 2012 e jogou um ano e meio no clube, marcando 24 gols em 81 partidas. Ele liderou a equipe no título do Campeonato Carioca de 2013 e na conquista da vaga na Libertadores do ano seguinte.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.