Obras de Niemeyer viram pistas de skate em documentário

Filme mostra skatistas Pedro Barros e Murilo Peres andando sobre ícones da arquitetura

São Paulo

Dois dos principais skatistas brasileiros da atualidade, os amigos Pedro Barros e Murilo Peres tiveram uma oportunidade única nos últimos meses: eles foram autorizados a andar de skate e fazer manobras sobre obras do arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012).

Os registros em vídeo dos "rolês" da dupla fazem parte de um documentário de 15 minutos, “Sonhos Concretos: O Skate Encontra Niemeyer”, que a Red Bull TV lança nesta quarta-feira (10), às 10h. O filme pode ser visto gratuitamente aqui.

As filmagens, dirigidas por Hugo Haddad, foram feitas de dezembro de 2019 a janeiro de 2020 em cinco locais: Rio de Janeiro, Niterói, Brasília, São Paulo e Belo Horizonte.

Do prédio do Congresso Nacional ao Pavilhão da Bienal, no Ibirapuera, os atletas passaram por várias obras consagradas do ícone da arquitetura. A Fundação Oscar Niemeyer também está envolvida na realização do projeto.

“Se eu fosse um arquiteto e pudesse desenhar obras, faria apenas tudo que fosse ‘skatável’, para conseguir andar em tudo. De certa forma, Niemeyer fez isso há muitos anos. São tantas linhas, tantas curvas… Parece que ele andava de skate e não sabia”, diz Pedro Barros em um dos trechos do filme.

"Existe uma forte identidade entre o universo deste esporte e a arquitetura de Niemeyer e seus valores. A irreverência, a liberdade, a busca por desafios, a criatividade em cada movimento, tudo isso está na essência do skate, assim como na obra de Niemeyer, feita de curvas e gestos livres, bela e surpreendente, assim como um rolê de skate", afirma Carlos Ricardo Niemeyer, superintendente executivo da fundação.

Segundo a produção, ao final das gravações todas as obras passaram por um processo de reparo.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.