Descrição de chapéu Campeonato Paulista 2020

Doria diz que times não podem jogar Brasileiro sem concluir Paulista

Governador afirma que deve anunciar data para retorno do estadual na próxima semana

São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (6) que espera anunciar até o fim da próxima semana uma data para a volta do Campeonato Paulista de futebol.

Ele ressaltou que a decisão será tomada com o aval da área voltada para os esportes do centro de contingência da Covid-19 no estado.

Nesta semana, a Federação Paulista de Futebol (FPF) entregará ao governo um protocolo para a retomada dos jogos. Será uma versão complementar do documento que pautou a volta das equipes aos treinos com bola, no dia 1º de julho.

Existe uma preocupação com a data de conclusão do torneio estadual, já que faltam seis rodadas (duas na fase de grupos e quatro na etapa final) para o seu término e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) pretende iniciar o Campeonato Brasileiro no fim de semana do dia 9 de agosto.

Doria, de máscara, segura um microfone enquanto fala
Governador João Doria em entrevista coletiva nesta segunda (6) - Governo do Estado de São Paulo

Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Red Bull Bragantino são os paulistas na primeira divisão nacional.

"Sem concluir [o Paulista], os times de São Paulo não podem participar do Campeonato Brasileiro. Nós estamos levando em conta também isso, os aspectos de saúde e o protocolo que assinamos com a Federação Paulista de Futebol", disse Doria.

Ele afirmou que não houve consulta prévia da confederação ao governo para definir a data da sua principal competição.

FPF e CBF, porém, discutem nos bastidores a possibilidade de concluir o Paulista em meio ao início do Brasileiro, a depender da data marcada para o retorno do estadual. Clubes e entidades esperam que ele ocorra até o fim de julho, possivelmente no dia 25.

Por meio de nota após a declaração de Doria, a CBF afirmou que os clubes de São Paulo aprovaram, em reunião no dia 25 de junho, as datas de 9 de agosto para o início da Série A do Campeonato Brasileiro e 8 de agosto para o início da Série B.

"Para preservar essas datas, os clubes concordaram em jogar fora de seus domínios, transferindo o seu mando de campo para outra cidade ou estado caso o seu local de jogo não esteja liberado nas datas de início das competições. Essa decisão foi tomada em votação que contou com o apoio de 19 clubes da Série A, incluindo todos os de São Paulo", disse a entidade.

Ainda de acordo com a confederação, os clubes de São Paulo integrantes da elite nacional reafirmaram sua posição em contato com a CBF nesta segunda-feira.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.