Descrição de chapéu Liga dos Campeões 2019 - 2020

Lyon bate City, e semis da Champions terão alemães contra franceses

Equipe da França surpreende comandados de Guardiola e enfrentará o Bayern de Munique

São Paulo

Depois de derrubar a Juventus nas oitavas, o Lyon protagonizou mais uma surpresa ao vencer o Manchester City por 3 a 1 neste sábado (15), nas quartas de final da Champions League. A equipe francesa enfrentará o Bayern de Munique em uma das semifinais, marcada para a próxima quarta (19).

Com isso, a Champions terá pela primeira vez dois franceses entre os seus quatro melhores times. Em outro duelo entre equipes da França e da Alemanha, o Paris Saint-Germain (PSG) enfrentará o RB Leipzig na terça (18).

A fase final da competição está sendo disputada toda em Portugal, por causa da pandemia de Covid-19.

Essa também é a primeira vez desde 1991 sem que clubes ingleses, italianos ou espanhóis fiquem entre os quatro melhores.

Na ocasião, Spartak Moscou (Rússia), Olympique de Marselha (França), Bayern e Estrela Vermelha (Sérvia) chegaram às semis, e os sérvios se sagraram campeões contra os franceses.

Neste sábado, o Lyon, que conta com seis brasileiros no seu elenco principal (Marçal, Rafael, Marcelo, Thiago Mendes, Bruno Guimarães e Jean Lucas), saiu na frente dos comandados por Pep Guardiola com Cornet, no primeiro tempo.

Levou o empate de De Bruyne, já na segunda etapa, mas Moussa Dembélé, que veio do banco, marcou duas vezes (a terceira em falha do goleiro brasileiro Ederson) para sacramentar a vitória.

Jogadores do Lyon comemoram
Jogadores do Lyon comemoram - Franck Fife/AFP

Gabriel Jesus e Sterling perderam chances claras de gol antes dos dois que definiram a vitória francesa.

Até hoje, o Lyon havia chegado apenas uma vez a essa fase, em 2010. Naquele ano, o clube tinha três brasileiros: o zagueiro Cris e os meias Michel Bastos e Ederson.

Aquela foi a primeira temporada do time após a saída do ídolo Juninho Pernambucano. Com ele, hoje diretor esportivo do clube, a equipe venceu sete vezes o Campeonato Francês.

Juninho abraça o brasileiro Thiago Mendes após a vitória
Juninho abraça o brasileiro Thiago Mendes após a vitória - Franck Fife - 15.ago.20/AFP

Dez anos depois, o Lyon vai reencontrar justamente o adversário das semis de 2010, o Bayern de Munique. Naquela temporada, a equipe alemã venceu por 4 a 0 no agregado e foi vice-campeã, perdendo a final para a Inter de Milão.

O Bayern se lança como favorito ao título deste ano. É o único dos quatro semifinalistas que já foi campeão (cinco vezes, a última na temporada 2012/13) e passou pelas quartas de final com uma goleada histórica, 8 a 2 contra o Barcelona.

Para o torcedor bávaro, vale a superstição: na sua quinta conquista europeia, o clube também eliminou os catalães, então com um combinado de 7 a 0 em dois jogos.

Além disso, o Bayern tem Robert Lewandowski, artilheiro (14 gols), jogador com mais assistências (5) e que mais vezes acertou finalizações no alvo (26) até agora na Champions.

Os vencedores dos embates entre alemães e franceses se enfrentarão na final, que seria em Istambul, mas em razão da pandemia foi remarcada para o Estádio da Luz, em Lisboa, às 16h do domingo (23).

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.