Max Verstappen vence o GP dos 70 anos da F-1

Piloto da Red Bull superou Hamilton, que igualou marca de pódios de Schumacher

São Paulo | UOL e AFP

O inesperado aconteceu, e as dominantes Mercedes foram batidas em Silverstone, na Inglaterra, neste domingo (9). O feito coube a Max Verstappen, que aliou um planejamento que começou ainda no sábado e foi completado com velocidade e consistência durante a prova.

A corrida deste domingo, a quinta da temporada, comemorou os 70 anos do primeiro GP de F-1, que aconteceu também no autódromo de Silverstone, em 1950.

O segundo lugar ficou com Lewis Hamilton, que passou o companheiro Valtteri Bottas nas voltas finais. Essa é a primeira vez desde o início da temporada de 2020 em que a Mercedes é derrotada.

Hamilton não ganhou, mas viu sua vantagem como líder do campeonato subir. Ele tem 107 pontos. O segundo colocado agora é Verstappen, com 77. Bottas, superado pelo holandês, tem 73.

O destaque negativo mais uma vez coube a Sebastian Vettel, que rodou logo depois da largada e terminou em 12º lugar.

Ainda na primeira parte da corrida, Verstappen estava em terceiro e se aproximava das Mercedes quando ouviu uma orientação dos boxes da Red Bull para não apertar tanto o ritmo mesmo estando com pneus em boas condições. O holandês respondeu: “não vou ficar pilotando como minha vó".

Ele se manteve perto de Hamilton e Bottas e ganhou a posição quando os dois pararam para trocar pneus. Depois, manteve a velocidade, abrindo vantagem para se manter à frente das Mercedes.

Hamilton parou nos boxes nas voltas finais e voltou para a pista com o carro mais veloz. O inglês conseguiu passar Charles Leclerc, da Ferrari, que teve boa performance, e o companheiro de equipe, mas Verstappen tinha vantagem segura.

O holandês se deu bem porque largou com pneus duros —usou esse composto nos treinos. Além disso, sua Red Bull gastava menos os pneus. Esta vantagem, aliada à qualidade do piloto holandês, permitiu que houvesse um raro equilíbrio com as Mercedes.

"Não esperava", disse, depois da corrida, o holandês de 22 anos, que conquistou a nona vitória de sua carreira na F-1. Verstappen terminou a prova com mais de 11 segundos à frente de Hamilton.

Se não venceu, o hexacampeão ao menos atingiu mais uma marca importante. Igualou o recorde de 155 pódios de Michael Schumacher na F-1.

Classificação final do GP dos 70 Anos

1 - Max Verstappen (HOL/Red Bull)
2 - Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
3 - Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
4 - Charles Leclerc (MON/Ferrari)
5 - Alexander Albon (TAI/Red Bull)
6 - Lance Stroll (CAN/Racing Point)
7 - Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point)
8 - Esteban Ocon (FRA/Renault)
9 - Lando Norris (ING/McLaren)
10 - Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri)
11 - Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso)
12 - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
13 - Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren)
14 - Daniel Ricciardo (AUS/Renault)
15 - Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo)
16 - Romain Grosjean (FRA/Haas)
17 - Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo)
18 - George Russell (ING/Williams)
19 - Nicholas Latifi (CAN/Williams)
Não completou - Kevin Magnussen (DIN/Haas)

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.