Descrição de chapéu Futebol Internacional

Messi avisa ao Barcelona que quer deixar o clube, dizem jornais

Imprensa internacional afirma que camisa 10 enviou comunicado à diretoria do time catalão

São Paulo

Lionel Messi está perto de deixar o Barcelona, segundo informações publicadas por veículos de comunicação da Argentina e da Espanha nesta terça-feira (25).

Segundo o canal TyC Sports e o diário Olé, ambos da Argentina, e também os jornais espanhóis Marca e El País, entre outras publicações, como o The New York Times, o camisa 10 do Barça enviou um comunicado à diretoria do clube sobre o seu desejo de deixar a Catalunha neste momento.

O jornalista Marcelo Bechler, correspondente do canal Esporte Interativo, havia antecipado a informação na semana passada.

Messi tem contrato até junho de 2021, mas ele não está contente com a condução do Barcelona sob a presidência de Josep Maria Bartomeu.

De acordo com a imprensa espanhola, uma cláusula do contrato do jogador previa a sua liberação sem custos caso solicitada até o dia 31 de maio, data que originalmente marcaria o fim da temporada europeia.

Como a temporada 2019/20 foi prolongada até agosto em razão da pandemia de Covid-19, o estafe do atleta entende que a data não seria um problema para a confirmação da saída. Não está claro qual será a interpretação do clube para essa questão.

O ex-zagueiro Carles Puyol, que foi capitão do Barça e companheiro de equipe de Messi, demonstrou apoio nas redes sociais à decisão do camisa 10. "Respeito e admiração, Leo. Todo o meu apoio, amigo", escreveu Puyol em seu perfil no Twitter.

O uruguaio Luis Suárez, que também está de saída, aplaudiu a publicação do ex-capitão na rede social.

O aviso do argentino à diretoria chega menos de uma semana após o anúncio de Ronald Koeman como novo técnico do time. O holandês foi apresentado após a demissão de Quique Setién, eliminado com a equipe da última Champions League depois da goleada de 8 a 2 sofrida para o Bayern de Munique.

Segundo a imprensa espanhola, Koeman e Messi conversaram após a chegada do treinador, mas o argentino deixou claro que não se vê mais no clube. Koeman também já comunicou Suárez, amigo de Messi, que não conta com ele para a próxima temporada.

Messi anunciou à diretoria do Barcelona que deseja sair do clube
Messi anunciou à diretoria do Barcelona que deseja sair do clube - Rafael Marchante - 14.ago.2020/Reuters

Lionel Messi chegou ao Barcelona em 2000, com 13 anos de idade, e se transformou no maior jogador da história do clube catalão.

Em 731 jogos com a camisa do Barça, marcou 634 gols e distribuiu 276 assistências. Líder na artilharia histórica, sua galeria de títulos inclui quatro taças da Champions League, dez ligas espanholas, se is Copas do Rei, três Mundiais de Clubes, três Supercopas Europeias e oito Supercopas da Espanha.

Foi pelo clube que o argentino também conquistou todos os seus prêmios de melhor do mundo. Com seis troféus, é o jogador mais premiado da história entre os homens, com uma distinção a mais que Cristiano Ronaldo.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.