Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro 2020

Desgastado, Santos empata com Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro

Após terceira igualdade seguida no Nacional, time vira a chave para jogo da Libertadores

São Paulo

O Santos empatou pela terceira vez seguida no Campeonato Brasileiro. Depois da igualdade com São Paulo e Botafogo, a equipe ficou no 1 a 1 com o Fortaleza neste domingo (27), na Vila Belmiro.

Com o resultado, o time paulista está na oitava posição, com 17 pontos. É a mesma pontuação do Fortaleza, que está em nono.

Madson comemora gol do Santos contra o Fortaleza
Madson comemora gol do Santos contra o Fortaleza - @SantosFC no Twitter

Cuca mudou a escalação por estar preocupado com o desgaste físico dos atletas. Na última semana, o elenco foi ao Rio enfrentar o Botafogo e depois viajou ao Equador para a partida diante do Delfín, pela Libertadores, vencida por 2 a 1. Na próxima quinta (1º), estará no Paraguai para enfrentar o Olímpia, também pelo torneio sul-americano.

O Santos criou as melhores chances do primeiro tempo contra o Fortaleza, com finalizações de Arthur Gomes e cabeçada de Kaio Jorge na trave. Embora o sistema de marcação do Fortaleza tenha sido eficiente, pecou nas bolas paradas e foi assim que o Santos abriu o placar.

Aos 40, Madson desviou de cabeça cobrança de falta de Marinho e acertou o ângulo direito.

O gol premiou a equipe que mais buscou o jogo na etapa inicial, mas nas poucas vezes que saiu para o jogo antes do intervalo, o Fortaleza mostrou que poderia levar perigo.

Isso aconteceu principalmente em uma jogada que tem sido o calcanhar de Aquiles dos paulistas desde o início de temporada: a bola aérea.

Gabriel Dias subiu antes dos zagueiros do time paulista em cobrança de escanteio de Juninho e empatou para o time nordestino. E toda vez que levantou a bola na área, os visitantes levaram perigo.

O principal problema da equipe de Cuca era também um velho conhecido do torcedor santista no ano: a falta de criatividade no meio-campo. Jean Mota teve alguns bons momentos, mas não foi constante. No segundo tempo, o treinador colocou Carlos Sánchez para ajudar na marcação, mas para também tentar mudar o cenário.

Arthur Gomes levou vantagem sobre a marcação na direita. Quase fez um golaço após bela jogada individual. Marinho teve uma boa oportunidade, mas tentou de bicicleta e mandou para fora.

O Fortaleza parecia esperar a melhor chance para sair no contra-ataque, enquanto o Santos tentava pressionar. Aos 39, Soteldo recebeu a bola na área, mas chutou por cima.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.