Descrição de chapéu Velocidade

Hamilton vence prova marcada por acidentes na casa da Ferrari

Estreia do circuito tem duas relargadas; Alexander Albon sobe ao pódio pela 1ª vez

São Paulo

Lewis Hamilton alcançou a 90ª vitória da sua carreira neste domingo (13), no primeiro GP da Toscana de F-1, em uma prova marcada por uma série de acidentes e duas bandeiras vermelhas.

O piloto britânico está agora a um triunfo de igualar a marca de Michael Schumacher, recordista absoluto de vitórias na modalidade.

Companheiro de Hamilton na Mercedes, Valtteri Bottas chegou na segunda colocação, e Alexander Albon (Red Bull) foi o terceiro colocado, subindo ao pódio pela primeira vez.

Hamilton aproveitou mais uma vitória na F-1 para mandar uma nova mensagem de protesto. Neste domingo, ele foi ao pódio vestindo uma camiseta com a inscrição "prendam os policiais que mataram Breonna Taylor".

A jovem negra de 26 anos foi morta a tiros por policiais em março, em seu apartamento em Louisville, nos Estados Unidos.

Na primeira volta, Kimi Raikkonen (Alfa Romeo), Max Verstappen (Red Bull) e Pierre Gasly (AlphaTauri), vencedor da última corrida, se envolveram em um acidente, colocando o safety car na prova. Verstappen e Gasly abandonaram.

Na relargada, na sexta volta, Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo), Carlos Sainz (McLaren), Kevin Magnussen (Haas) e Nicholas Latifi (Williams) bateram, levantando a bandeira vermelha pela primeira vez.

A bandeira vermelha apareceu mais uma vez com 13 voltas restantes, quando Lance Stroll sofreu um acidente e teve que abandonar a prova.

A corrida deste domingo foi a milésima da Ferrari na competição, no autódromo de propriedade da escuderia em Mugello, mas a melhor colocação da equipe foi o oitavo lugar de Charles Leclerc. Sebastian Vettel acabou em décimo.

Com sua sexta vitória em nove corridas nesta temporada, Hamilton alcançou 190 pontos, com uma vantagem de 55 pontos sobre Bottas, que marca 135 pontos. Max Verstappen está em terceiro lugar na temporada, com 110 pontos.

"Foi como [disputar] três corridas em um dia. Foi uma loucura estar aqui e ter 90 vitórias em Grandes Prêmios", disse Hamilton, a uma vitória do recorde de Schumacher.

Com Reuters

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.