Descrição de chapéu São Paulo Copa do Brasil

São Paulo encara Flamengo de Ceni após iniciar crise do rival

Goleada foi decisiva para troca no comando que levou ídolo tricolor ao rubro-negro

São Paulo

O São Paulo sofreu bastante para eliminar o Fortaleza, dirigido por Rogério Ceni, nas oitavas de final da Copa do Brasil. A classificação só foi obtida na disputa por pênaltis, e o prêmio do time tricolor foi avançar à fase seguinte para enfrentar o Flamengo, de Rogério Ceni.

Ídolo do clube do Morumbi por sua vitoriosa carreira como goleiro, o treinador foi o escolhido para substituir o catalão Domènec Torrent no comando da equipe da Gávea. Ele deixou a formação cearense, chegou na terça-feira (10) ao Rio de Janeiro e já estará no banco do Maracanã nesta quarta (11).

E a presença de Ceni no duelo tem tudo a ver com o próprio São Paulo, que goleou o Flamengo por 4 a 1, no último dia 1º, e iniciou uma crise no adversário. O time rubro-negro, que vivia uma sequência de 12 jogos de invencibilidade, foi goleado também pelo Atlético-MG, na sequência, e Torrent caiu.

Desenhou-se o cenário, então, para que o ex-jogador voltasse a enfrentar seu velho clube, agora com um elenco bem mais poderoso, com expectativas altas. O primeiro embate nas quartas de final ocorrerá às 21h30, com transmissão da Globo e do SporTV.

“É um momento especial para mim, em meu 30º ano no futebol. Já enfrentei o Maracanã cheio. Agora, trabalho a favor deste clube”, afirmou Ceni, que assinou contrato até dezembro de 2021.

O acerto esfriou a possibilidade de ele retornar ao São Paulo no próximo ano, hipótese que vinha sendo cogitada pelos candidatos na eleição presidencial do Morumbi. E serviu para aliviar um pouco a pressão sobre o técnico Fernando Diniz, sempre ameaçado pela sombra do ídolo.

Agora diante de Rogério, o atual comandante são-paulino tentará mostrar que a superioridade demonstrada dois domingos atrás não foi mero fruto de uma jornada atípica. E buscará ganhar estabilidade em uma temporada de altos e baixos.

O treinador Fernando Diniz está livre da sombra de Ceni, mas precisa enfrentá-lo novamente - Agustin Marcarian - 28.out.20/Reuters

Logo após a goleada sobre o Flamengo, o São Paulo caiu na Copa Sul-Americana, sua terceira eliminação no ano. Mas o time tem o melhor aproveitamento do Campeonato Brasileiro, está vivo na Copa do Brasil e espera renovar o ânimo com mais um triunfo sobre o atual vice-campeão do mundo.

“Cada jogo é um jogo. Não dá para olhar para trás, isso está no passado”, disse Diniz, minimizando o efeito da vitória recente no Rio de Janeiro. “O que importa é o jogo de agora. Temos que focar as qualidades do Flamengo e ver onde podemos levar vantagem.”

O embate começa nesta quarta, no Rio de Janeiro, e termina na próxima, no Morumbi, em São Paulo. Não há na Copa do Brasil o critério dos gols fora de casa como desempate. Avançará o time que marcar mais gols em 180 minutos. Em caso de igualdade, haverá disputa por pênaltis.

O sobrevivente enfrentará nas semifinais o vencedor do duelo entre Grêmio e Cuiabá. Essa disputa começará às 19h desta quarta, na Arena Pantanal, com transmissão do SporTV.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.