Alvo de ataque de torcedores, São Paulo empata com Coritiba pelo Brasileiro

Ônibus da delegação são-paulina sofre emboscada a caminho do Morumbi

São Paulo

Depois de sofrer uma emboscada e ter o ônibus apedrejado, o São Paulo voltou a jogar mal e só empatou em 1 a 1 com o Coritiba, neste sábado (23), no Morumbi. Com o resultado, o Internacional segue líder do Campeonato Brasileiro e ainda joga neste domingo (24), contra o Grêmio.

Com 58 pontos —um a menos do que a equipe colorada, rival na disputa pelo título— o clube tricolor permanece na segunda colocação, mas chega a cinco partidas sem vitória e amarga a sua pior sequência na competição.

O resultado aumenta a pressão sobre o técnico Fernando Diniz, que voltou a ter a permanência à frente da equipe questionada. Na última quarta (20), além de perder a liderança, viu o Internacional aplicar a maior goleada sofrida pelo São Paulo no Morumbi.

A tensão sobre o time aumentou antes da partida deste sábado, quando o ônibus da delegação foi atacado a caminho do estádio. Segundo o clube, 14 pessoas foram presas com bombas e outros artefatos. Ninguém ficou ferido.

Furos na lataria do ônibus da delegação são-paulina, atacada por torcedores
Furos na lataria do ônibus da delegação são-paulina, atacada por torcedores - Marcello Zambrana/AGIF

O veículo estava sendo escoltado pela polícia, mas acabou atingido próximo à ponte Eusébio Matoso e foi danificado.

Na sexta (22), torcedores protestaram em frente ao centro de treinamento do time. O experiente Daniel Alves e Diniz foram alvos de boa parte das críticas. Além da sequência ruim no Brasileiro, o clube tricolor foi superado pelo Grêmio e acabou eliminado da Copa do Brasil no final do ano passado.

A pressão e a necessidade de ganhar se transformaram em nervosismo dentro de campo neste sábado. Contra um adversário que luta contra o rebaixamento, o São Paulo cometeu falhas, chegando a errar passes curtos, e teve dificuldade de furar a defesa paranaense.

Depois de um primeiro tempo com pouca emoção, a equipe melhorou na segunda etapa e chegou ao gol com o atacante Luciano, aos 13 minutos. O atacante, artilheiro do time na competição, recebeu de Pablo dentro da área e bateu cruzado para abrir o placar.

O São Paulo ainda teve chance para ampliar com Pablo, que desperdiçou cara a cara com o goleiro. O castigo veio próximo ao final do confronto, quando o meia Sarrafiore empatou para o Coritiba, aos 37 minutos.

O novo tropeço em casa fez o clube atingir a marca de cinco jogos sem vitória. Seu recorde negativo na atual edição do Nacional.

No primeiro turno, o São Paulo empatou com Red Bull Bragantino, Santos, Internacional e com o próprio Coritiba, resultados que deixaram a equipe quase um mês sem triunfos na competição. A equipe, porém, se recuperou e chegou a abrir sete pontos de vantagem na ponta.

Agora, o time soma derrotas para Red Bull Bragantino, Inter e Santos e empates contra Athletico e Coritiba. Dos últimos 15 pontos disputados, somou apenas 2.

O São Paulo terá uma semana para colocar ordem em casa. A formação tricolor volta a campo no domingo (31), contra o Atlético-GO, fora de casa.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.