São Paulo marca no fim e evita derrota para Ceará no Morumbi

Sob comando de interino, time joga mal e segue sem vencer pelo Brasileiro em 2021

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

No primeiro jogo após a demissão do técnico Fernando Diniz, o São Paulo atuou mal contra o Ceará, saiu atrás no placar, mas buscou o empate em 1 a 1 já nos acréscimos da partida, com gol salvador de Luciano no Morumbi.

O time tricolor chega à marca negativa de sete jogos sem vencer. O último triunfo foi no dia 26 de dezembro, contra o Fluminense. Em quarto no Nacional, agora com 59 pontos, tem dois de vantagem justamente para o time carioca, o quinto, com 57.

Sob o comando do interino Marcos Vizolli, a equipe paulista adotou postura bem ofensiva nos primeiros dez minutos de jogo, mas não conseguiu converter a pressão em gol.

Quando enfim conseguiu superar o goleiro Richard, o grande nome do primeiro tempo, Tchê Tchê estava em posição de impedimento, aos 28 minutos.

Atrás, o time pouco sofreu com as raras investidas do Ceará, mas chamou atenção o fato de Tiago Volpi evitar sair jogando com os pés, como costumava fazer com Diniz. O goleiro optou, na maioria das vezes, por lançamentos longos ao ataque, mesmo sem alguém com característica de escorar a bola. Exceção foi nos minutos finais, quando tentou driblar um jogador do clube cearense e perdeu a bola.

Defesa do goleiro Richard, do Ceará, após finalização do ataque do São Paulo em jogo no Morumbi
Defesa do goleiro Richard, do Ceará, após finalização do ataque do São Paulo em jogo no Morumbi - Amanda Perobelli/Reuters

Sem Brenner, artilheiro da equipe na temporada, com 22 gols, negociado com o futebol dos EUA, o ataque são-paulino era formado por Pablo e Luciano. A dupla, porém, não estava com os pés calibrados. Foram 12 finalizações tricolores na etapa inicial, que terminou sem gols.

O São Paulo se manteve com maior posse de bola no segundo tempo, porém não conseguiu mais pressionar o Ceará como na primeira metade do jogo.

Além disso, a construção de jogadas com toques de bola passou a dar lugar a mais cruzamentos na área e tentativas de bolas longas.

A emoção ficou para os minutos finais. Aos 47, após uma falha de Luan e Tiago Volpi, o Ceará abriu o placar no Morumbi. Léo Chu aproveitou um recuo para o goleiro, pressionou e marcou após roubar a bola dele. O São Paulo, contudo, conseguiu reagir rapidamente e chegou ao empate com Luciano, de cabeça, aos 51 minutos.

Inter perde do Sport e desperdiça chance de abrir vantagem na ponta

Líder do Campeonato Brasileiro, o Internacional acabou derrotado pelo Sport nesta quarta-feira (10), em Porto Alegre, por 2 a 1, e desperdiçou chance de ampliar sua vantagem na ponta da tabela.

A equipe gaúcha segue com 66 pontos, somente um a mais do que o vice-líder Flamengo (65), ambos já com 35 jogos disputados e com um confronto direto na penúltima rodada.

Antes disso, o Inter vai a São Januário enfrentar o Vasco no domingo (14), às 16h —o time carioca está na luta para escapar do rebaixamento, assim como o Sport, que agora soma 41 pontos. O Flamengo enfrenta o Corinthians, no mesmo horário, no Maracanã.

Marcão Silva abriu o placar para o Sport, aos 38, e Patrik empatou para os gaúchos, aos 41 do primeiro tempo.​

O time do Recife derrotou o líder do Nacional com um gol após vacilo da defesa colorada, ainda na primeira etapa. Aos 49, o goleiro Marcelo Lomba acompanhou uma bola alçada na área, à espera de que ela fosse para a linha de fundo, mas Júnior Tavares correu, evitou a saída e deu assistência para Dalberto.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.